A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

05/11/2009 14:24

Após 3 dias de combate, Ibama controla fogo no Pantanal

Redação

Equipes do Ibama conseguiram controlar incêndios florestais que consumiam vegetação nativa de áreas de Proteção Ambiental, dentro de duas fazendas na região da Curva do Leque, no Pantanal.

O fogo se alastrava pela Estrada Parque, a cerca de 130 km de Corumbá, e só foi contido na manhã de hoje por equipe de 19 pessoas, com apoio de funcionários das propriedades rurais.

Nas fazendas Cáceres e Firme, a estimativa é de que 6 mil hectares tenham sido atingidos. A brigada do Prevfogo, programa de controle de incêndios florestais do Ibama, trabalhou durante os três últimos dias para acabar com o problema.

Segundo a assessoria do Instituto, na fazenda Firme o fogo acabou com parte da reserva legal.

Pouco depois do incêndio ser controlado, uma leve chuva caiu sobre a região e acabou com a possibilidade de volta do fogo.

Além de consumir vegetação nativa em ecossistema importante como o Pantanal, o superintendente do Ibama em Mato Grosso do Sul, David Lourenço, explica que os incêndios florestais são prioridades do Ibama por serem emissores de gás carbônico na atmosfera.

Neste ano, o Ibama contabiliza R$ 1 milhão em investimentos na compra de equipamentos de combate a incêndios florestais e formação de 60 brigadistas.

O grupo é capacitado para atuar nos três principais municípios dentro do Pantanal: Corumbá, Aquidauana e Porto Murtinho.

No início de outubro, época de estiagem, o fogo consumiu 5 mil hectares de vegetação das fazendas Rio Negro, Estrela, Barranco Alto e Entre Rios, no Pantanal, na região de Aquidauana.

A Rio Negro serviu de cenário para a novela Pantanal, e perdeu mil hectares de mata com o incêndio.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions