A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/03/2010 16:13

Após 30 anos, mãe e filho recomeçam a vida com um abraço

Redação

Beatriz Domingos Eusébio, de 51 anos, não sabia o que era abraçar o filho caçula há 30 anos. No pátio da Depca (Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente), ela é cercada por uma multidão de jornalistas. Um minuto de espera, uma eternidade. O silêncio é quebrado por Vandir, que chega pouco a pouco ao encontro com a mãe. O choro, o reencontro e duas palavras: "benção mãe".

Um abraço longo e apertado sela o fim de um drama e o começo de uma nova vida para ambos. "Deus realizou o meu desejo. Agora acabou. Foram anos de sofrimento sem meus filhos. Deus pôs um fim no meu sofrimento", comenta emocionada Beatriz.

Vandir Domingos Euzébio foi localizado pela delegada Regina Mota após a veiculação de uma reportagem do jornalista Osvaldo dos Passos Júnior a serviço do Ibiss/CO (Instituto Brasileiro de Inovações pró-Sociedade Saudável Centro-Oeste). Retirado da guarda da mãe quando tinha um ano, Vandir e seus quatro irmãos mais velhos foram levados pelo pai, Aparecido Domingos Euzébio, depois que a mãe decidira se separar do marido violento.

Aparecido arrastou os quatro filhos mais velhos: Adilson, então com cinco anos, Vanderlei, com quatro, José Roberto, com três, e Luiz Aurélio, com dois. Vandir, com um ano na época, foi levado pelo pai dois dias depois. Foram morar em Miranda, onde o pai faleceu após seis anos em decorrência de um acidente de trabalho. Uma vida de luta, sofrimento, mas também de vitória, humildade e conquistas (leia mais nas notícias relacionadas).

Vandir olhava a mãe e buscava em seus traços e trejeitos um pouco dele mesmo. "Ele é um homem humilde, carinhoso, mas sentíamos que faltava algo em seu coração. Ele sofreu muito. Agora sabemos que ele vai sorrir mais, ser mais feliz", afirma a esposa, Jamile de Oliveira Rodrigues Eusébio, de 33 anos.

O casal tem três filhas, 16, 13 e 8 anos. Michele é a caçulinha. Abraçava a avó e já fazia planos para as férias no Pantanal de Corumbá. Beatriz mora em Albuquerque, em uma vila de pescadores chamada Recanto do Sossego. "

Indenizações por morte no trânsito crescem 24% em relação a 2016
O número de indenizações pagas pelo Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre (Seguro Dpvat) entre janeiro e novemb...
ANS regulamenta novas regras de compartilhamento para planos de saúde
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) publicou duas resoluções normativas na tentativa de dar mais segurança e estabilidade ao mercado de pla...
UFMS recebe inscrições para vários cursos no Vestibular 2018
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions