A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017

12/06/2009 09:28

Após 52 anos, loja não resiste ao abandono da Calógeras

Redação

Após 52 anos, uma faixa em frente à "Casa Santo Antônio", na avenida Calógeras, anuncia que a loja de calçados masculinos vai fechar. A avenida deixou no passado a condição de um dos pontos comerciais mais palpitantes de Campo Grande, para, atualmente, nas imediações da Esplanada Ferroviária, acumular portas fechadas e placas de aluga-se ou vende-se.

A situação deixa o comerciante Mohamed Hassan Jaber sem opções. "Estou pagando para trabalhar", resume, ao explicar porque fechará o comércio que existe há 52 anos e oito meses, com faz questão de detalhar.

Neste feriado de Corpus Christi, o comerciante de 87 anos mantém a rotina de toda uma vida. "Trabalho faz 6h30 da manhã às 6h30 da tarde. Agora, tenho uma ajudante. Mas já tive três, quatros funcionários", relata.

Sentado em frente à loja, ele conta que o abandono da Calógeras o leva a seguir o mesmo caminho dos comércios vizinhos. "Gosto daqui. Mas fazer o que", De acordo com ele, além da falta de clientes, que preferem "comprar nas lojas do Centro", a precária condição do telhado pesa na decisão de deixar a loja para trás. "

Ouvidor da Funai faz pedido para PF investigar ONGs e índios em MS
Investigar indígenas e ONGs (Organizações não governamentais) que estariam cooptando para conflitos mulheres, crianças e idosos em Mato Grosso do Sul...
Justiça estadual determina que Vivo pague indenização de R$ 5 milhões
A empresa telefônica Vivo foi condenada pela Justiça estadual a pagar R$ 5 milhões em indenização por falha na prestação de serviço de telefonia móve...
Plano de contingência e programa de combate ao Aedes aegypti são lançados
A SES (Secretaria de Estado de Saúde) lançou nesta quinta-feira (23) o Plano Estadual de Contingência ao Aedes aegypti, mosquito causador de doenças ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions