A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

19/12/2008 21:47

Após 8 meses, canavieiros são "devolvidos" para a Bahia

Redação

Após oito meses de trabalho nos canaviais de Naviraí e Itaquiraí e impasses trabalhistas, cerca de 500 canavieiros estão sendo levados, na noite de hoje, em um comboio de 12 ônibus, de volta para a Bahia.

Surpreendidos neste último dia de trabalho deles com o suposto não-cumprimento de acordo de pagamento pela Usinav (Usina de Naviraí), os canavieiros chegaram, às 11 horas desta sexta-feira, a fechar a passagem de entrada e saída de caminhões da indústria. A usina tentava reduzir os valores a serem pagos no acerto.

Ficaram paralisados 56 caminhões bi-trens carregados com cana. A Polícia Militar foi chamada pela direção da Usinav.

O líder do grupo, Vanderlúcio Farias Pessoa, de 28 anos, disse que a usina devia a ele R$ 1.444 relativos aos sete últimos dias, o repouso remunerado de R$ 190, o 13º salário calculado por produção e R$ 439 relativos a uma gratificação.

Os trabalhadores disseram ainda, ao site Sul News, que viviam em péssimas condições de higiene. Uma fossa está descoberta e há moscas na comida.

Trabalham na Usinav cerca de 2.500 funcionários, sendo 1.450 canavieiros.

No final da tarde, os canavieiros aceitaram fazer acertos individuais e desobstruíram a passagem dos caminhões carregados com cana. Em seguida, eles foram levados de volta à terra natal.

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions