A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 18 de Agosto de 2018

29/11/2011 00:09

Oficina mecânica “depenou” veículo de cliente

Paulo Fernandes

Uma oficina mecânica foi condenada pela 5ª Turma Cível do TJ/MS (Tribunal de Justiça) a indenizar um cliente, na última quinta-feira, por ter subtraído partes do carro durante os dois anos em que o veículo esteve no pátio da empresa.

O automóvel estava no pátio desde um acidente que ocasionou na morte do filho do cliente. O veículo chegou extremamente danificado à oficina mecânica.

Enquanto esperava um desfecho judicial sobre a existência de convênio da seguradora com a oficina, o automóvel permaneceu no pátio.

Após a decisão, o cliente foi retirar o veículo e acabou surpreendido com o sumiço de várias peças.

Diante da recusa da oficina em ressarcir o cliente, ele entrou com uma nova ação pedindo que a oficina mecânica restituísse os valores equivalentes às peças subtraídas.

Relator da apelação, o Desembargador Sideni Soncini Pimentel destacou que “em todo período em que o bem ficou sob sua guarda, a responsabilidade de cuidado e conservação era da oficina, devendo, portanto, em consequência, restituí-lo nas mesmas condições em que o recebeu, se não provado o serviço de reparo através de cobertura de seguro”.

A oficina mecânica recorreu da sentença alegando que as peças poderiam ter sido retiradas antes da chegada do veículo à oficina, já que não foi feito o check-list - processo para listagem das peças do automóvel antes de iniciar o conserto.

O argumento não convenceu. O relator determinou que oficina deverá arcar com 60% do valor das peças.

Último sorteio da Mega-Sena na semana pode pagar até R$ 23 milhões
Neste sábado (18) o último dos três sorteios da semana da “Mega-Sena dos Pais) pode pagar para um ou mais acertadores até R$ 23 milhões. Durante os o...
Gabaritos do Enceja já estão disponíveis no site do Inep
O Ministério da Educação (MEC) divulgou no final da tarde de hoje (17) gabarito oficial do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens...
Capes torna mais rígida avaliação de cursos de pós-graduação
A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) tornou mais rígida a avaliação dos cursos de pós-graduação no país. De acordo c...


Até concordo com o Desembargador,mas garanto que ele mesmo (DESEMBARGADOR) descontou nesse valor cobrado o aluguel do patio da oficina em que esse ficou parado por um ano.
 
AMILTON ALMEIDA em 29/11/2011 08:16:36
Muito bom, o excepcional teria sido 100%.O dever de cuidado era da empresa, nada
mais correto.Parabéns justiça !
 
antonio carlos queiroz em 29/11/2011 06:56:22
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions