A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/12/2009 09:06

Após incêndio, síndico vai inspecionar apartamentos

Redação

Um incêndio destruiu parcialmente um apartamento do edifício XV de Novembro, nesta madrugada em Campo Grande. Uma geladeira encostada à porta que dá acesso à cozinha provocou o fogo que destruiu o eletrodoméstico e parte da mobília do ambiente.

O eletrodoméstico de pequeno porte estava encostado à porta de madeira e o aquecimento do motor levou ao incêndio, pela avaliação preliminar do Corpo de Bombeiros.

Após o problema, o síndico de prédio, Carlos Augusto Guimarães de Lima de 70 anos, diz que fará uma vistoria nos apartamentos do prédio para verificar se outros moradores usam da mesma técnica.

O caso serve de alerta sobre a instalação e local escolhido para os aparelhos dentro de uma casa.

"Fomos orientados pelos militares informar aos moradores sobre o perigo de se deixar uma geladeira encostada a objetos de madeira", informou Carlos Augusto.

O apartamento localizado no 9º andar do prédio teve as portas queimadas, a geladeira destruída e ficou com as paredes danificadas, mas o mais grave foram os ferimentos e a intoxicação de moradores.

Duas pessoas foram levadas ao posto de saúde do Guanandi e a moradora do apartamento, identificada como Sueli, teve queimaduras pelo corpo. Ela dormia só no momento do incêndio. As outras duas vitimas são vizinhas que ficaram intoxicadas por inalar fumaça.

O corredor do andar também ficou danificado com o incêndio registrado às 2h20.

Na avaliação do síndico, o incêndio não teve maiores proporções em função dos equipamentos de segurança do prédio terem funcionado. "Graças a Deus, os extintores e a mangueira atenderam nossa necessidade. A rapidez dos Bombeiros também contribuiu muito para que o fogo não alcançasse todo o andar".

Os militares usaram as mangueiras de incêndio do prédio para controlar as chamas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions