A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

04/01/2008 17:08

Após isolamento, líderes de rebelião já estão na Máxima

Redação

Um ano após o isolamento no Presídio Federal de Catanduva, no oeste do Paraná, dezesseis detentos acusados de liderar rebeliões nos presídios de Mato Grosso do Sul em 2005 estão de volta ao Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. Eles foram transferidos anteontem. Alguns deles são acusados de terem ligações com a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital), que atua dentro dos presídios de SP e MS.

Os detentos são: Tallis Nowes dos Santos Souza, Lúcio Ferreira da Silva, Weber Cancian de Oliveira, Wellington Amaro Pinto, Gilson Ferreira dos Santos, Anderson Campos Silva, Juliano Cezar Salvador, Luiz Antônio Neto de Oliveira, Diógenes Costa Davi, Cristiano de Jesus Mota, Silvano Bruno Pedroso, Rogério César dos Santos, Vanderlei da Silva Tavares, Flávio Gonçalves Braga, Ivanildo Rodrigues Ferreira e Marcelo Cláudio Maciel.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions