A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

06/04/2009 16:33

Artesã é encontrada morta com tiro no rosto no Nova Lima

Redação

A artesã Irenir Rosário Braz Santos, de 54 anos, foi assassinada com um tiro no rosto no último sábado (04). O corpo da mulher foi encontrado na casa dela, na rua Celina Baís Martins, no bairro Nova Lima em Campo Grande. A família não entende a violência contra Irenir, nem arrisca apontar suspeitos.

Para a Polícia, pode ser mais um crime passional. O auxiliar de pedreiro Valdivir Ferreira do Nascimento, de 45 anos, foi quem encontrou o corpo e comunicou a família.

Ele conta que chamou Irenir no portão de casa por volta da meia noite. Como ela não respondeu, o homem pulou o muro e encontrou a vítima de bruços, no chão da cozinha.

A filha de Irenir, Amanda Rosário Santos, de 35 anos, afirma que ele mandou avisar a família assim que encontrou o corpo. Ela não acusa Valdivir e diz não ter suspeita de quem possa ter cometido o crime. "Ela era amiga de todo o mundo aqui", garante a filha.

De acordo com as informações repassadas à Policia, antes de ir para casa, a vítima esteve com Valdivir, mas teria dito ao homem para não a acompanhar, pois 'seria perigoso' ser vista na companhia dele.

Uma vizinha que não quis se identificar afirma que Irenir tinha um namorado que a ameaçava constantemente. Segundo a mulher, o homem era violento e já havia brigado com outro homem em frente à casa da namorada.

A família diz que o namorado, de 28 anos, está viajando desde terça-feira passada. A filha conta que os dois discutiam, mas nunca presenciou qualquer agressão contra a mãe.

O caso foi atendido pela Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), e ainda não foram apontados suspeitos para o crime. A Polícia Civil deverá abrir um inquérito para investigar o assassinato.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions