A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

30/12/2012 08:13

As imagens que traduzem o que foi o ano de 2012, mês a mês

Marta Ferreira e Ana Paula Carvalho
As imagens que traduzem o que foi o ano de 2012, mês a mês

Janeiro

Tiros e morte - O ano de 2012 começou com um tiroteio em que 4 pessoas, da mesma família, foram baleadas, Wilson Meaurio, de 41 anos, morreu. A confusão, no bairro Pioneiros, em Campo Grande, envolveu dois policiais militares e uma policial civil, no primeiro dia do ano.

De volta à 14: Janeiro também foi o mês que marcou a volta ao funcionamento de um símbolo de Campo Grande, o relógio da 14 de Julho.  A réplica, que não estava funcionando, foi reinstalada. 

Um dos baleados durante confusão que envolveu policiais e o Relógio da 14, de volta ao funcionamento (Fotos Simão Nogueira)Um dos baleados durante confusão que envolveu policiais e o Relógio da 14, de volta ao funcionamento (Fotos Simão Nogueira)

Fevereiro

Mortes no curtume: Um acidente químico matou quatro trabalhadores no curtume Marfrig, em Bataguassu, no primeiro dia de fevereiro. Ao todo, 24 trabalhadores ficaram feridos.  Um caminhão descarregava ácido dicloro-propiônico em um tanque e o ácido entrou em contato com outra substância que havia no reservatorio, provocando a reação química que resultou em um gás tóxico, aspirado pelos trabalhadores.

Buracão: No dia 2 de fevereiro, uma chuva torrencial abriu uma cratera no Parque Sóter, em Campo Grande. O buraco chegou a engolir a cerca do local, e foi tapado dias depois.

Emoção: No dia 17, uma cena que provocou comoção. Os amigos do estudante de Engenharia Jaito Michel, de 24 anos, rasparam  a cabeça em solidariedade ao colega, que estava em tratamento de um câncer. O corte de cabelo foi gravado e exibido no dia da formatura. O vídeo já tem mais de meio milhão de visualizações no canal do Campo Grande News no YouTube.

 

Veículos de socorro chegam a curtume onde quatro morreram, o estudante Jaito chora ao ser homenageado por colegas e a cratera aberta pela chuva no Parque Sóter.(Fotos: Marlon Ganassin/Ângela Kempfer/)Veículos de socorro chegam a curtume onde quatro morreram, o estudante Jaito chora ao ser homenageado por colegas e a cratera aberta pela chuva no Parque Sóter.(Fotos: Marlon Ganassin/Ângela Kempfer/)

Março

Bichos roubados: No dia 2 de março, dois cães da raça labrador que foram roubados durante um assalto chamam a atenção em uma delegacia. Sansão e Dalila foram devolvidos aos donos após serem localizados pela Polícia, que prendeu os bandidos, em Campo Grande.

Maus-tratos: No dia 16, a cadelinha Mel também gerou comoção. Ela ficou paraplégica, depois de uma agressão do próprio dono. O caso ganhou as redes sociais e chegou a motivar investigação pela Polícia Civil, mas a conclusão é de que não houve intenção do dono de machucar a cadela.

Acidente: No dia 12 de março, um avião ocupado por um bombeiro e um policial militar sofreu um acidente no Aeroporto Teruel, em Campo Grande. A aeronave estacionou de "barriga" na pista. O susto foi grande, mas ninguém saiu ferido gravemente.

 

Os cães Sansão e Dalila, que foram roubados por bandidos, a cadelinha Mel, paraplégica após uma agressão, e o avião acidentado no aeroporto Teruel(Fotos: Marlon Ganassin)Os cães Sansão e Dalila, que foram roubados por bandidos, a cadelinha Mel, paraplégica após uma agressão, e o avião acidentado no aeroporto Teruel(Fotos: Marlon Ganassin)

Abril

Bairro explosivo: A primeira delas foi no dia 28 de abril. Desde então, pelo menos seis explosivos antigos foram encontrados no bairro Nova Campo Grande. Uma delas estava em uma casa, há vários anos, e servia como peso de porta. De lá para cá, já foram pelo menos 5 casos do tipo.

Surra absurda: No bairro Mario Covas, no dia 13 de abril, um pai foi filmado batendo de chinelo e agredindo a filha verbalmente. A imagem provocou comoção. O caso foi parar na Polícia Civil e o pai, depois, se disse arrependido pelo que fez. 

Crime bárbaro: No dia 7 de abril, um bairro inteiro chocado com um crime. Um adolescente matou os dois irmãos.  O garoto, de 16 anos, matou a tiros os irmãos Rodrigo dos Santos Vilar, de 20 anos, e Walquiria dos Santos Vilar, de 22 anos. Ele está em uma Unei (Unidade Educacional de Internação)

 

Explosivo antigo encontrado na Nova Campo Grande; imagem de pai espancando filha provocou comoção, provas de crime são retiradas de casa onde jovem matou dois irmãos(Fotos:  Pedro Peralta / Reproduçãoa vídeo/ Fernando da Mata )Explosivo antigo encontrado na Nova Campo Grande; imagem de pai espancando filha provocou comoção, provas de crime são retiradas de casa onde jovem matou dois irmãos(Fotos: Pedro Peralta / Reproduçãoa vídeo/ Fernando da Mata )

Maio

Susto e prejuízo: No dia 2 de maio, um muro desabou sobre carros que estavam parados em um estacionamento. O incidente aconteceu na travessa Pepe Simioli, em Campo Grande. Quatro carros foram atingidos pelos restos da construção.

Professora heroína: O gesto de uma professora virou exemplo. Ela acolheu em casa alunos que ficaram sem onde morar e ainda batalhou para que eles conseguissem uma casa. 

Atropelamento e fuga: Luiz Carlos de Souza Silva, 47 anos, e do filho, Luiz Vinícius Ramires Silva, 12 anos, morreram depois de ser atropelados, na avenida Lúdio Coelho, via que, desde a inauguração, registrou vários acidentes, a maioria provocados pelo abuso de velocidade por parte dos motoristas. O motorista que atropelou pai e filho fugiu do local.

A farra virou tragédia: No dia 30 de maio, duas famílias sofreram as consequências da imprudência no trânsito. O jovem Richard Gomide, de 22 anos, atropelou, com um veículo Punto, a motocicleta em que o segurança David Del Valle Antunes, de 31 anos, voltava para casa do trabalho. David morreu no local. Richard, que voltava de um motel onde esteve com uma prostituta e um amigo, foi preso e só saiu seis meses depois. Processo pelo homicídio no trânsito, ele está proibido de dirigir. 

Carros atingidos por muro que despencou, a professora Alexandra, que acolheu alunos em casa, o sapato que ficou no mato após pais e filho serem mortos atropelados, e o estudante de Direito preso após matar um segurança atropelado.(Fotos: Minamar Jr / Luciana Brazil)Carros atingidos por muro que despencou, a professora Alexandra, que acolheu alunos em casa, o sapato que ficou no mato após pais e filho serem mortos atropelados, e o estudante de Direito preso após matar um segurança atropelado.(Fotos: Minamar Jr / Luciana Brazil)

Junho

História?: No dia 08 de junho, os vereadores de Campo Grande tomaram uma decisão polêmica. Eles decidiram tombar como patrimônio histórico da cidade o Camelódromo. A decisão foi encarada mais como manobra para que os comerciantes não fossem retiradas dali do que como preservação da história da cidade.

Atentado: Pouco depois da metade do mês, no dia 17 de junho, um grupo de rapazes ateou fogo ao pelotão da Polícia Militar em Anhanduí. Todos foram presos por dano ao patrimônio.

Defesa do consumidor: Incormado com a geladeira nova, que veio estragada, um consumidor acampou em frente da loja, no dia 18 de junho, no Centro de Campo Grande. A iniciativa deu certo e o produto foi trocado.

 

O camelódromo agora é patrimônio, o bando que depredou um prédio da PM e o consumidor que protestou levando a geladeira para a porta da loja.(Fotos: Minamar Jr / Elverson Cardoso)O camelódromo agora é patrimônio, o bando que depredou um prédio da PM e o consumidor que protestou levando a geladeira para a porta da loja.(Fotos: Minamar Jr / Elverson Cardoso)

Julho

Duplo assassinato: No dia 4 de julho, a estudante de História Luzia Barbosa Damasceno Costa, 25 anos, e o empresário Alberto Raghiante Junior, de 55 anos,  foram assassinados em Campo Grande, por bandidos que roubaram o carro do empresário. Os corpos foram jogados em um matagal.

Queda de avião militar: No dia 7 de julho, o oficial da Marinha Bruno Rodrigues, de 32 anos, morreu em um acidente com um avião  A-29, um Super Tucano da Força Aérea Brasileira, que caiu na região do Indubrasil, em Campo Grande.

Largada: Sete candidatos registram candidatura para disputar a eleição em Campo Grande no dia 5 de Julho. Pela primeira vez nas últimas décadas, PMDB e PSDB saem em chapas distintas. Com a candidatura desacreditada, apesar da popularidade apontada nas pesquisas, Alcides Bernal (PP) se lançou em chapa única e acabaria vencendo as eleições em 3 de outubro.

 

 

O que restou do avião militar que caiu, os corpos de casal assassinados sendo retirados de matagal, os candidatos que polarizaram a disputa no segundo turno registrando a candidatura em Campo Grande.(Fotos: Minamar Jr / Simão Nogueira / Rodrigo Pazinato)O que restou do avião militar que caiu, os corpos de casal assassinados sendo retirados de matagal, os candidatos que polarizaram a disputa no segundo turno registrando a candidatura em Campo Grande.(Fotos: Minamar Jr / Simão Nogueira / Rodrigo Pazinato)

Agosto

Greve na Polícia: Policiais Federais entraram em greve por aumento de salário e ficaram parados por 69 dias. A greve só foi interrompida durante as eleições, quando a Justiça Eleitoral pagou as diárias dos policiais.

Crime bárbaro: Um crime que chocou Campo Grande e levou duas mil pessoas a participarem de uma caminhada pedindo paz. Breno Luigi Silvestrini, de 18 anos, e Leonardo Batista Fernandes, 19 anos, foram assassinados no dia 31 de agosto. Os amigos foram abordados na entrada do 21 Bar e Lazer e mortos na saída para Aquidauna. Os cinco envolvidos no crime, todos foram presos, confessaram que levariam a Pajero dirigida por Leonardo para o Paraguai onde seria trocada por três quilos de cocaína.

Ai se eu te pego: Com o cachê de R$ 200 mil, Michel Teló voltou a Campo Grande para enlouquecer as fãs durante o show de aniversário da cidade. O interprete da música "Ai se eu te pego" que ganhou até versão em inglês mostrou que a fama não subiu a cabeça.

A polícia de elite em greve, os dois jovens mortos por bandidos, todos também jovens, e o cantor Michel Teló na volta a Campo Grande(Fotos: Minamar Jr /  Rodrigo Pazinato)A polícia de elite em greve, os dois jovens mortos por bandidos, todos também jovens, e o cantor Michel Teló na volta a Campo Grande(Fotos: Minamar Jr / Rodrigo Pazinato)

Setembro

R$ 1 - Em setembro, por determinação da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), Jerson Kellman assumiu como interventor da Enersul, em meio a uma crise financeira da empresa. Em dezembro,  o grupo Rede, ao qual a empresa pertencia, foi vendido pelo valor simbólico de R$ 1 para a Equatorial Energia e CPFL.

Onde está o Coronel Adib?: Quem nunca ouviu essa frase quando surge um novo caso de violência em Campo Grande? Coronel Adib Massab dedicou 30 anos de vida à atividade policial e ficou conhecido como linha dura contra a bandidagem. Ele era enérgico e não dava moleza para os bandidos. Aos 83 anos, em entrevista ao Campo Grande News, afirmou que as coisas mudaram, mas que a Polícia precisa ser mais enérgica.

Perigo constante: Mesmo com todo o apelo para que crianças e adolescentes parem de usar cerol, a mistura entre cola e pó de vidro continuou fazendo vítimas durante 2012. Uma delas foi Rafael Tambosi, de 24 anos. Ele foi ferido na avenida Ernesto Geisel, em frente ao Norte Sul Plaza. O irmão de Rafael iniciou uma campanha nas redes sociais pedindo conscientização.

 

 

Personagens de setembro: Kellman, interventor da Enersul, coronel Adib, resgatado em entrevista do Campo Grande News, e Rafael Tambosi, vítima do cerol.(Fotos: Minamar Jr / Pedro Peralta / Simão Nogueira)Personagens de setembro: Kellman, interventor da Enersul, coronel Adib, resgatado em entrevista do Campo Grande News, e Rafael Tambosi, vítima do cerol.(Fotos: Minamar Jr / Pedro Peralta / Simão Nogueira)

Outubro

Maratona: Os candidatos a Prefeitura de Campo Grande, Edson Giroto (PMDB) e Alcides Bernal (PP), realizaram uma verdadeira maratona durante os últimos dias de campanha. Durante a votação do primeiro turno os dois candidatos estavam confiantes e acreditavam que iriam para o segundo turno.

2º turno:  O segundo turno das Eleições 2012 foi marcado por um debate inflamado entre os candidatos Edson Giroto (PMDB) e Alcides Bernal (PP). Até comparação com a vilã da novela das 21h teve. A vitória de Bernal nas urnas confirmou a certeza de alguns e a surpreendeu outros.

Policia ou bandido?: Como identificar um policial que vai para a balada e na saída da boate mata um trabalhador sem motivo aparente? É isso que a família de Ike Cézar Gonçalves, 29 anos, morto no dia 28 de outubro, por um policial militar, se pergunta. Bonifácio dos Santos Júnior, que era lotado na Cigcoe (Companhia Independente de Policiamentos de Crises e Operações) estava alcoolizado e atirou nas pessoas em frente à boate. Questionado por Ike sobre o motivo dos tiros, Bonifácio disparou contra a testa da vítima.

 

Alcides Bernal disputam o primeiro e o segundo turno em Campo Grande, e o enterro de Ike, assassinado por um policial em frente a uma boate.(Fotos: Minamar Jr /  Rodrigo Pazinato)Alcides Bernal disputam o primeiro e o segundo turno em Campo Grande, e o enterro de Ike, assassinado por um policial em frente a uma boate.(Fotos: Minamar Jr / Rodrigo Pazinato)

Novembro

Estrela do Enem: Uma jovem de 18 anos foi surpreendida ao dar a luz durante a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em Sidrolândia. Pâmela de Oliveira Lescano, que disse não saber que estava grávida, teve o bebê dentro do banheiro de uma escola. Após o incidente a jovem recebeu uma ligação do ministro da Educação informando que teria uma nova chance para realizar a prova.

"Punição": Moradores do bairro Aero Rancho ficaram chocados com um caso de abuso sexual envolvendo jovens e adolescentes, todos meninos. Um garoto de 16 anos foi estuprado por um grupo de jovens como "punição" por supostamente ter cometido um roubo. Ele foi obrigado a fazer sexo oral em um amigo de apenas 13 anos. Toda a ação foi gravada com um celular e destribuída para moradores da região.

Natureza: Um ipê foi mutilado na rotatória da avenida Mato Grosso com a Via Parque. O motivo? Estava atrapalhando a visibilidade de um painel eletrônico de publicidade. O caso provocou indignação nas redes sociais e a natureza mostrou que ainda tem força. A árvore começou a se regenerar semanas depois.

 

Estudante deu a luz durante o Enem; adolescente vítima de abuso e o ipê mutilado.(Fotos: Rafael Brites/ Pedro Peralta / Rodrigo Pazinato )Estudante deu a luz durante o Enem; adolescente vítima de abuso e o ipê mutilado.(Fotos: Rafael Brites/ Pedro Peralta / Rodrigo Pazinato )

Dezembro

Amor ou ódio?: Uma tentativa de homicídio seguida de suicídio em uma loja do Centro de Campo Grande. O cenário mais parecia coisa de filme, mas era vida real. Rafael Felastiga de Souza Lima, de 27 anos, atirou contra a cabeça da ex-esposa, Bruna Moura de Araújo, de 24 anos, e depois contra a própria cabeça. Bruna foi socorrida e continua internada na CTI da Santa Casa. Rafael também foi encaminhado ao hospital, mas não resistiu ao ferimento e morreu.

Incêndio: Pela segunda vez os donos das lojas Paulistão viram o trabalho de uma vida ser consumido pelas chamas de incêndio. No início do mês a loja da avenida Costa e Silva foi destruída pelo fogo. O estabelecimento e casas da região foram interditadas pela Defesa Civil. A nuvem de fumaça podia ser vista da Afonso Pena. Dessa vez, eles têm seguro, o que não ocorreu da vez anterior.

Preconceito e maldade: Lawrence Corrêa Biancão, 20 anos, foi morto por dois adolescentes de 15 anos. O corpo do jovem foi encontrado dentro do carro dele no início da tarde do dia 09 deste mês na Orla Morena. O motivo? Roubo e homofobia. Lawrence era homossexual e marcou encontro com os dois garotos que já tinha combinado de assaltar o estudante. "Ele veio me beijar e eu quis matar", declarou um deles à Polícia.

Fechou: O fechamento do lixão de Campo Grande foi marcado por confronto entre catadores e policiais. Catadores que não haviam sido cadastrados para trabalhar na usina tentaram impedir a entrada de caminhões no local, o que resultou no tumulto. Policiais usaram bombas de efeito moral e atiraram nos manifestantes com balas de borracha. Catadores ficaram feridos e quatro pessoas foram presas.

Diplomados: Teve até vereador que agredeceu de joelhos no dia da diplomação em Campo Grande, que também teve polêmica com o discurso de Zeca do PT, que provocou a saída de vereadores eleitos do lugar. Cada um dos 29 vereadores que subiu ao palco agradeceu de uma maneira. Ademar Vieira Júnior (PSD), o Coringa, ficou de joelhos, apontou as duas mãos ao céu e agradeu com o diploma.

Suicídio e tentativa de assassinato em loja no centro da cidade, o carro do estudante Lawrence,o tumulto no lixão e o vereador que agradeceu de joelhos na diplomação(Fotos: Luciano muta /  Rodrigo Pazinato / Pedro Peralta / João Garrigó )Suicídio e tentativa de assassinato em loja no centro da cidade, o carro do estudante Lawrence,o tumulto no lixão e o vereador que agradeceu de joelhos na diplomação(Fotos: Luciano muta / Rodrigo Pazinato / Pedro Peralta / João Garrigó )


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions