A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 16 de Dezembro de 2018

30/09/2008 10:38

Assédio moral leva Bertin a firmar termo com o MPT

Redação

Constatação de irregularidades durante o trabalho e assédio moral de trabalhadores no frigorífico Bertin de Naviraí levou o MPT (Ministério Público do Trabalho) a intervir pelos funcionários e no dia 17 último diretores da unidade firmaram um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) perante o procurador do trabalho em Dourados, Gustavo Rizzo.

As irregularidades foram verificadas durante inspeção feita pelo procurador Odracir Juares Hecht e integrantes do Fórum de Saúde e Segurança  no Trabalho de Mato Grosso do Sul. Há procedimentos em relação ao frigorífico instaurados há mais de três anos no MPT.

O TAC estabelece 21 cláusulas a serem respeitadas pela empresa. As multas por descumprimento, por cláusula, vão de R$ 400 a R$ 5 mil. Um deles, quanto ao assédio moral é permitir a saída dos trabalhadores  de seus postos, a qualquer momento da jornada, para irem ao banheiro.

A empresa deverá, ainda, providenciar, durante o horário de trabalho e sem qualquer tipo de desconto nos salários, a realização de palestra sobre assédio moral no trabalho. Outra exigência relacionada ao assédio moral é a  divulgação do Código de

IFMS divulga resultado da seleção para cursos técnicos integrados
O IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) divulgou o resultado preliminar do Exame de Seleção 2019, do processo seletivo para ingresso nos cur...
Com metade das vagas preenchidas, prazo para apresentação termina terça
Termina nesta terça-feira (18) o prazo para os médicos se apresentaram para preencher as vagas deixadas pelos cubanos do programa Mais Médicos em Mat...
UFMS abre prazo para renovação dos auxílios estudantis nesta segunda
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) abre nesta segunda-feira (17) o prazo para renovação dos auxílios estudantis, como creche, moradi...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions