A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/02/2009 08:20

Aumento na procura por CNH causa superlotação no Detran

Redação

O aumento na procura pela CNH (Carteira Nacional de Habilitação) registrado no final do ano passado está causando superlotação nos testes realizados no Detran (Departamento Estadual de Trânsito). Exames que antes eram marcados para a semana seguinte, agora demoram até dois meses.

O aumento na demanda ocorreu por conta da nova resolução do Contran (Conselho Nacional de Trânsito) que determinou o aumento das aulas teóricas e práticas nos Centros de Formação de Condutores a partir de janeiro deste ano. A carga teórica passou de 30 para 45 horas/aula. Nas aulas práticas, o mínimo exigido passou de 15 para 20 horas/aula.

Os efeitos desse aumento na demanda podem ser sentidos por quem começou o ano tentando tirar a carteira de habilitação. Exames como o psicotécnico, que levavam cerca de uma semana para serem marcados, agora levam até dois meses.

Segundo informado pelo Detran, esse 'inchaço' deverá passar por todas as fases do processo, até que a turma de alunos que começou em dezembro consiga tirar a CNH. Para o início de março, a demora prevista será para quem precisa fazer o exame médico.

No Detran, fala-se até em plantão no expediente. Para atender à grande quantidade de alunos, os diretores se reúnem a cada etapa do processo para verificar se o efetivo conseguirá atender ao público trabalhando em expediente normal.

Demanda - Segundo o Detran, a quantidade de processos de primeira habilitação abertos na Capital triplicou em dezembro. Enquanto a média era de 1.800 processos por mês, o último mês do ano passado registrou a abertura de 6.871 novos processos.

A professora Rosana Pereira, de 24 anos, foi uma das pessoas que correu para 'aproveitar a lei antiga'. Ela afirma que ao saber das novas determinações do Contran, decidiu abrir o processo para tirar a CNH ainda em dezembro.

Rosana conta que conhece várias pessoas que fizeram o mesmo que ela. Quando souberam que as novas normas para tirar a habilitação já entrariam em vigor em janeiro deste ano, decidiram dar entrada no processo.

Ela diz aliviada que conseguiu fazer o exame psicotécnico ainda em dezembro. "Eu ia viajar e depois de muito insistir consegui ocupar a vaga de um aluno que tinha desistido", lembra. Por conta disso, conseguiu escapar da superlotação no Detran.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions