A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

29/08/2008 14:38

Baixa umidade mantém focos de queimadas em 20 cidades

Redação

A queda da temperatura ocorrida em Mato Grosso do Sul não refletiu na redução dos focos de queimada, que atingem 20 municípios, segundo relatório diário do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais). Dos municípios, 18 estão em risco crítico de queimadas. São 445 focos ativos no Estado nesta sexta-feira, dia 29.

A principal causa para a permanência dos focos de queimada é a baixa umidade do ar que, de acordo com o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), vai ficar abaixo de 30% neste fim de semana.

Entre os municípios que aparecem no relatório de hoje do Inpe, somente parte de Naviraí e Itaquiraí estão na faixa de alto risco. A faixa de risco crítico é registrada em Água Clara, Aquidauana, Bodoquena, Chapadão do Sul, Corumbá, Costa Rica, Dois Irmãos do Buriti, Iguatemi, Maracaju, parte de Itaquiraí, Miranda, parte de Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Paranaíba, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante e Sonora.

A cidade que mais apresenta focos é Corumbá. São 188, no total. Em segundo lugar está Porto Murtinho, com 155. Em todos os municípios não chove há pelo menos 15 dias.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions