A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/01/2016 23:54

Balanço da Polícia mostra que em 2015 apreensão de drogas superou 276 toneladas

Flávio Paes
Balanço mostra crescimento na apreensão de drogas no Estado (Foto:Arquivo)Balanço mostra crescimento na apreensão de drogas no Estado (Foto:Arquivo)

As Policiais Civil e Militar de Mato Grosso do Sul apreenderam em 2015, mais de 276 toneladas de drogas, batendo o próprio recorde de apreensões que foi de pouco mais de 228 toneladas em 2014.

Dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) apontam que nos últimos cinco anos as apreensões de drogas cresceram 426,2%, saltando de 52,6 mil quilos em 2010 para 276,8 toneladas em 2015, graças à intensificação do trabalho preventivo e repressivo realizado pelas polícias em todos os municípios, especialmente na faixa de fronteira.

Em Campo Grande as apreensões de drogas passaram de 6,3 toneladas em 2010 para 28,5 mil quilos no ano passado. O recorde de apreensões na capital foi em 2013, quando as polícias tiraram de circulação 54,8 toneladas de drogas. Para o comandante da Polícia Militar Rodoviária, coronel Waldir Acosta Ribeiro, o trabalho nas estradas está impedindo que as drogas cheguem às cidades.

“A inteligência aliada a técnicas apuradas de patrulha permitem a identificação dos veículos de transporte e a apreensão das cargas antes que elas cheguem às cidades, não só de Mato Grosso do Sul, mas de todo o país freando e descapitalizando o tráfico”, explica o comandante da Polícia Militar Rodoviária que só no ano passado apreendeu 77 toneladas de drogas nas estradas do Estado.

Aliadas ao trabalho policial estão também as novas tecnologias, como aplicativos que permitem consultas de veículos em qualquer lugar e até que identificam documentos falsos com apenas um clique. Essas são algumas das ferramentas utilizadas pelos homens do DOF, que no ano passado foram responsáveis pela apreensão de 46 toneladas de drogas. “O Departamento também recebeu muitos investimentos em equipamentos e capacitações dos nossos policiais”, destaca o coronel Ary Carlos Barbosa, que comanda o DOF.

As ações de policiamento de recobrimento do DOF são planejadas com base no trabalho de inteligência e também nas informações recebidas pelo telefone 0800-647-6300, número do disque denúncia do Departamento que desde que foi criado já recebeu mais de 300 mil ligações, sendo que a grande maioria resultou em apreensões de drogas, armas e contrabando.

De 2014 para 2015 houve um crescimento expressivo nas apreensões de drogas feitas pela Especializada da Polícia Civil. A quantidade de cocaína tirada de circulação pela unidade especializada da Polícia Civil saltou de 46,9 em 2014 para 117,8 quilos em 2015. Já as apreensões de maconha passaram de 2,9 toneladas em 2014 para 3,3 mil quilos em 2015

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions