A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

17/01/2009 09:46

Baleado no Los Angeles, jovem vive sobre cama

Redação

"Eu esqueci que não podia ir lá na subida", lamenta o servente de pedreiro Cleiton Otávio Viana, de 19 anos, que há quatro meses está em cima de uma cama após levar seis tiros.

Segundo o rapaz, o motivo de tamanha violência foi o simples fato de que ele saiu da baixada do bairro Jardim Los Angeles, na saída para São Paulo, e foi até a parte alta para tomar tereré com amigos. Cleiton conta que há uma rivalidade entre gangues dos dois lados do bairro, a ordem é que ninguém atravesse de um para outro.

No dia 30 de setembro do ano passado o rapaz subia com amigos, que moram do outro lado, para tomar tereré e foi surpreendido por dois adolescentes que efetuaram vários disparos. Ele foi atingido por balas de revólver calibre 22 e 32, na mão, barriga, braço, rosto e um projétil se alojou próximo à coluna vertebral.

Desde então ele vive sobre uma cama, usa sonda e sente muitas dores. Cleiton diz que o médico explicou que situação de imobilidade da cintura para baixo é reversível, mas é preciso fazer fisioterapia. Sem dinheiro sequer para se locomover, ele fez poucas sessões, logo após ser baleado, e parou.

Em casa a situação, que já era difícil, ficou desoladora. O rapaz mora com a mãe, um irmão e sete sobrinhos, dividindo um imóvel precário de apenas duas peças

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions