A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

16/04/2009 12:15

Bando faz assalto e seqüestro a mando de presidiários

Redação

Cinco pessoas foram presas após invadir uma residência e render uma família na noite dessa quarta-feira, em Campo Grande. Um dos presos é foragido da Colônia Penal Agrícola de Campo Grande e afirmou que o crime foi planejado e monitorado por presidiários.

O primeiro a ser preso foi Diogo Scarabelli Longui, 19 anos. Ele e Gilson Armindo, o "Paraná", o segundo a ser preso, invadiram por volta de 20 horas uma casa no Jardim TV Morena.

Com a ordem para fazer um roubo, eles procuravam uma vítima, quando no Jardim TV Morena, viram quando o portão de elevação de uma casa se abria. Quando o portão se abriu totalmente, a dupla rendeu moradores que estavam dentro de um Pólo que saía da casa.

Com esses moradores rendidos, os bandidos entraram na residência e renderam outras pessoas, no total de cinco. Entre elas, dois adolescentes e um amigo da família.

Os bandidos pegaram diversos objetos de valor, como celulares, televisão e jóias, e colocaram dentro do carro da família. Em seguida, amarram quatro das vítimas em um quarto e levaram a mulher com eles, de refém, no veículo.

Uma das vítimas conseguiu se soltar e acionou a Polícia. Por volta de 22 horas, o Garras conseguiu prender Diogo. Ele foi preso no cruzamento das ruas Ceará e Joaquim Murtinho com o Pólo e a mulher.

Diogo, que era foragido da Colônia Penal Agrícola de Campo Grande, disse que estava com a mulher procurando o motorista que levaria o veículo para o Paraguai ou Bolívia.

Ele também afirmou que o crime foi feito a mando de presidiários, mas não afirmou de qual unidade penal.

Através dele, o Garras chegou até Gilson, na residência dele, na Moreninha IV. Após o assalto, Gilson foi deixado no Terminal Morenão para seguir para casa.

Diogo também passou na casa de Janaina Gonçalves Guimarães, 27 anos, no Portal Caiobá, onde deixou os objetos roubados. O Garras foi até o local e encontrou os objetos e também porções de maconha.

Janaina, Clodoaldo Barbosa Freire, 37 anos, e um adolescente de 17 anos, acabaram presos. Clodoaldo ajudou a descarregar os objetos e sabia do crime. O adolescente escondeu os produtos do roubo e ainda o revólver calibre 38 usado para render as vítimas.

Na casa havia ainda mais duas pessoas. O Garras investiga se elas têm relação com o crime.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions