A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

13/06/2010 08:43

Bolo de Santo Antonio cresce e amplia fé no casamento

Redação

Tradicional em Campo Grande, o bolo de Santo Antônio deste 13 de junho foi mais democrático e fez um número maior de mulheres sonharem com a concretização da graça pedida ao santo: um casamento, como é especialidade dele.

Com meia tonelada de bolo, duzentos quilos a mais que no ano passado, a festa teve também mais alianças, num total de 250, um acréscimo de cem casamentos prometidos em relação a 2009.

E mesmo com o frio e o vento gelado desta manhã elas chegaram cedo para ficar na fila, comprar um pedaço de bolo e torcer para vir com a aliança que simboliza a proximidade de uma união. A autônoma Adriana de Vargas, de 25 anos, foi a primeira a chegar no local, às 6h40. Protegida por touca e agasalho pesado, ela disse que chegou tão cedo imaginando que a fila estivesse maior.

Sua intenção, disse, é encontrar um namorado com a ajudinha do santo. Sobre o casamento, quer cumprir todas as etapas tradicionais. "Quem sabe?", indagou.

A funcionária pública Cristina Regasso, 39 anos, cumpriu um ritual de todo ano. Quando pegou o pedaço de bolo, colocou na boca e logo descobriu a aliança. A descoberta foi comemorada com um grito de alegria, seguido de aplausos das cerca de 200 pessoas que estavam no local

Aniversário- Para Idalmira Modesto de Medeiros, de 90 anos, a ida à catedral teve dois motivos. Ela foi comemorar o próprio aniversário e, de quebra, assegurar um pedaço do bolo para quatro sobrinhas.

Foram vendidos cerca de 2,5 mil pedaços do bolo, a R$ 2,00. A confecção, que ocupou sete pessoas, omeçou há 3 dias, segundo informou uma das coordenadoras, Matilde Varela. "Mas a preparação vem desde maio", explicou. Segundo ela, tudo foi doação da comunidade.

Este ano, a decoração do bolo faz alusão ao centenário da Catedral, que será comemorado em 2012. Entre as imagens, uma foto da igreja quando ainda era na rua 15 de novembro, o primeiro local. Hoje, a Catedral de Santo Antônio está na Calogeras.

O santo, padroeiro de Campo Grande, é de origem portuguesa. Santo Antônio ficou conhecido como casamenteiro porque, diz a história, era um excelente conciliador de casais.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions