A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

02/11/2009 18:21

Bombeiro acha corpo de banhista afogado em Sidrolândia

Redação

Os bombeiros encontraram, às 18h10, o corpo do jovem que havia se afogado por volta das 10 horas desta segunda-feira, em uma lagoa na fazenda Piana, em Sidrolândia (68 km de Campo Grande).

Segundo uma das pessoas que estava no local, centenas de banhistas estavam no lago, mas não havia nenhum salva vidas. Ainda não se sabe a identidade do afogado.

Este é o quinto caso de afogamento registrado desde ontem, nos rios do Estado. Das 5 vítimas, quatro corpos foram resgatados neste domingo. Falta ainda localizar pintor Gervásio Marcelino Vieira, 53 anos, que mora na Capital e se afogou no Rio Aquidauana, em Terenos.

Maria Pinheiro Gomes, de 43 anos, estava com ele, o casal desaparecue ontem no início da tarde e na manhã de hoje o corpo dela foi retirado do rio, encontrado pelo Corpo de Bombeiros a cerca de 1 quilômetro do local onde ela se afogou, no trecho do rio perto da Ponte do Grego.

Segundo informações da filha de Maria, que tem 18 anos, as duas estavam ontem à tarde no rio, junto com duas primas da jovem e com Gervasio.

Segundo relato à Polícia, por volta das 12h30 a mãe caiu na água. Uma de suas primas, identificada como Leidiane, e Gervásio pularam no rio para ajudar Maria, que não sabia nadar.

Apenas Leidiane conseguiu sair da água, resgatada por ribeirinhos, cerca de 200 metros abaixo do local onde pulou. O pintor e a mulher desapareceram nas águas.

Os Bombeiros continuam com as buscas ao corpo de Gervásio. Um cunhado dele, Roberto Costa, contou que o pintor sofreu um acidente há um ano, e ficou em coma por 30 dias. Ele acredita que as sequelas podem ter limitado seu desempenho na água.

Tragédia - Outras duas pessoas morreram nos rios do Estado neste final de semana. No rio Taquari, em Coxim, a 260 quilômetros da Capital, foi encontrado nesta manhã o corpo de Airton Correia da Luz, 15 anos, que também se afogou na manhã de ontem.

A família do garoto mora em Campo Grande, no bairro Jóquei Clube.

Segundo o neto da proprietária da fazenda, o local onde o adolescente pulou era muito perigoso. "O rebojo puxa a pessoa para baixo. O pai quase conseguiu salvar, mais o menino soltou o pai e afundou", relata Luiz Ranulfo.

Depois de acompanhar as buscas e o resgate do corpo, o rapaz diz que a tristeza dos parentes chocou que estava por perto. "Foi muito triste ver o pai dele, seu irmão, o seu tio e seu amigo que estavam juntos com ele, chorando", lamenta.

Também neste domingo, Wilson Barbosa Soares, de 35 anos, morreu após se afogar no balneário Cachoeirão, em Terenos. Segundo informações do irmão à Polícia, ele havia ingerido bebida alcoólica antes de entrar na água.

Após um mergulho, ele já voltou à superfície flutuando inconsciente. O irmão chegou a levá-lo ao posto de saúde da cidade, mas ele já havia morrido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions