A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

08/10/2009 10:23

Caminhoneiros cobram sinalização nas BRs 262 e 163

Redação

O Sindcargas (Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas) está alertando os caminhoneiros e motoristas em geral sobre a falta de sinalização horizontal e vertical nas rodovias federais que cortam Mato Grosso do Sul.

O relações públicas da entidade, Roberto Sinai, destaca que alguns trechos estão em obras e a sinalização só é feita depois que todo recapeamento fica pronto. A falta de sinalização significa risco ainda maior com a chegada das chuvas, quando a visibilidade no trânsito é comprometida e há risco de aquaplanagem.

Alguns trechos que cita são da BR-163 próximo a Bandeirantes e a BR-262 entre Miranda e Corumbá. "A pista sem demarcações de locais permitidos para ultrapassagem e sem as faixas para se orientar o risco de acidente é muito grande", alerta.

Ele afirma que ontem uma carreta carregada de madeira tombou a 5 quilômetros de Bandeirantes e atribui o acidente à falta de sinalização. "E se este veículo tivesse caído sobre um carro? Podia ser uma vida perdida", afirma.

Para ele, uma solução seria fazer a sinalização conforme a evolução da obra. "Pode ser a cada 3 ou 5 quilômetros. Hoje se espera recapear 20 quilômetros para fazer a sinalização é um trecho muito extenso", avalia.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions