A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

25/06/2008 13:41

Caminhoneiros de MS decidem esperar para aderir à greve

Redação

A greve de caminhoneiros realizada por profissionais das Regiões Sul e Sudeste só deve ter adesão em Mato Grosso do Sul, caso não haja resposta do governo federal à categoria em 48 horas. Por enquanto, segundo o presidente do Sindcargas, Roberto Sinai, os trabalhos em Mato Grosso do Sul seguem sem alterações.

A paralisação começou a zero hora desta quarta-feira e dura 24 horas. Conforme o presidente da Associação Brasileira dos Caminhoneiros, o movimento teve adesão de 75% da categoria.

O objetivo da greve é chamar atenção para os problemas que os motoristas enfrentam, como falta de segurança nas estradas, aumento do óleo diesel e redução do valor do frete.

A categoria quer, ainda, alteração no Decreto nº 49.487, que regulamenta novas restrições para a circulação de caminhões na cidade de São Paulo, o arquivamento do projeto de lei que derruba o vale-pedágio e a fiscalização do pagamento desse vale e do excesso de peso nos caminhões.

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions