A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

04/03/2015 07:49

Caminhoneiros vão a sessão na Assembleia para pedir redução do ICMS

Caroline Maldonado
Caminhoneiros insistem em redução do ICMS e alteração em prazo de vistoria no Detran (Foto: Alcides Neto)Caminhoneiros insistem em redução do ICMS e alteração em prazo de vistoria no Detran (Foto: Alcides Neto)

Mais de 90 representantes dos caminhoneiros participarão de sessão na Assembleia Legislativa de hoje, em Campo Grande, às 9h. A comissão reúne empresários de São Gabriel do Oeste, Dourados, Ponta Porã e Maracaju, que vão apresentar reivindicações para o setor.

Segundo o diretor jurídico da Cotrapan (Cooperativa de Transportes do Estado de Ms), Carlos Lima, além da redução do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) do óleo diesel, os caminhoneiros querem que seja estendido o período de intervalo entre as vistorias do Detran (Departamento Estadual de Trânsito), de 5 para 10 anos e a instalação de postos específicos para esse serviço para que os motoristas não tenham que se deslocar até a sede do órgão estadual.

Os empresários sugerem a instalação de postos de vistoria nas cooperativas dos caminhoneiros em São Gabriel do Oeste e Campo Grande. “Os caminhões estão constantemente nas rodovias e a manutenção é periódica, além disso o Detran é longe para o deslocamento e isso gera mais custo”, justifica o diretor jurídico.

Na assembleia, os representantes pretendem confirmar reunião, ainda hoje, com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB). Segundo Carlos, ainda não foi definido um horário para o encontro com o gestor.

Ontem (3), foi o 11º dia de protestos em rodovias em Mato Grosso do Sul. O acordo era a liberação das estradas em todo o país, com a sansão, sem vetos, da Lei dos Caminhoneiros, pela presidente Dilma Rousseff (PT), mas ainda assim os empresários e autônomos querem melhorias que dependem do Governo do Estado.

Na terça-feira (3), os bloqueios foram suspensos na região de Dourados, mas caminhoneiros ocuparam a na MS-134, entre Nova Andradina e o Distrito de Casa Verde; a MS-276, em frente ao posto Tigrão, em Batayporã, que liga o município a Anaurilândia e à MS-480, onde houve outro ponto de manifestação, segundo a PMRE (Polícia Militar Rodoviária Estadual). Representantes dos caminhoneiros esperam ainda uma reunião com a presidente na próxima terça-feira (10), em Brasília.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions