ACOMPANHE-NOS    
JULHO, QUARTA  08    CAMPO GRANDE 20º

Cidades

Campo-grandense espera por notícias da mãe que mora em Bruxelas

Por Mariana Rodrigues | 22/03/2016 15:19
Italo e a mãe, Eliza, que mora em Bruxelas. (Foto: Arquivo Pessoal)
Italo e a mãe, Eliza, que mora em Bruxelas. (Foto: Arquivo Pessoal)

O chefe de cozinha Italo Alves, 27 anos, busca notícias da mãe, Eliza Nilda Pereira Alves, 47 anos, que mora em Bruxelas. Após atentados terroristas desta terça-feira (22), no aeroporto e no metrô, ele tentou entrar em contato com a mãe por telefone, mas não conseguiu até agora.

Ele conta que a mãe mora em Bruxelas há sete anos, trabalha no setor de hotelaria e também possui uma loja de confecções. Quando ficou sabendo dos ataques, ele tentou imediatamente contato com a mãe, mas não conseguiu. "Tentei ligar, mas também tem a questão que eles estão sem sinal de telefone e internet", diz.

Italo entrou em contato com um tia que mora em Copenhague, na Dinamarca, ela disse que Eliza havia informado que iria viajar hoje para Bugres, cidade próxima de Bruxelas, mas depois não teve mais notícias. "Todos estamos preocupados com ela, minha tia também está tentando contato com ela, lá da Dinamarca mas não conseguiu", conta ele que acrescenta ainda que não sabe se a mãe realmente chegou a viajar.

Eliza, segundo o filho, morava na Espanha e depois resolveu ir para Bélgica. Ele contou ainda que há duas semanas ela veio para São Paulo onde eles passaram um período juntos. De acordo com Italo, eles costumam se falar em média três vezes por semana.

Atentados - Segundo informações da Agência Brasil, foram registradas duas explosões, na manhã de hoje, uma no Aeroporto Zaventem e a outra na estação de metrô de Maelbeek.

Conforme último balanço divulgado, foram registrados 26 mortos e 136 feridos ao todo nas duas explosões. O aeroporto foi fechado e os voos cancelados e o serviço de metrô foi suspenso. Testemunhas disseram que a explosão ocorreu próximo a uma porta de embarque.

O grupo terrorista Estado Islâmico reivindicou a autoria dos ataques.