A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Abril de 2018

19/11/2017 08:43

Candidatos chegam atrasados e dizem ter confundido horário da prova

Movimentação está tranquila nas escolas da Capital

Leonardo Rocha e Anahi Gurgel
Candidatos chegam atrasados em prova do Encceja, no bairro Dom Antônio (Foto: Marcos Ermínio)Candidatos chegam atrasados em prova do Encceja, no bairro Dom Antônio (Foto: Marcos Ermínio)

Apesar da movimentação tranquila, sem tumulto no trânsito, alguns candidatos se confundiram com o horário do fechamento dos portões e chegaram atrasados para prova do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos), em Campo Grande. Chateados, prometem estudar e se preparar para próxima oportunidade ano que vem.

Na Escola Municipal Padre Tomaz Ghirardelli, que fica no bairro Dom Antônio, uma das unidades que mais vai receber candidatos, o movimento foi tranquilo, sem congestionamento nas proximi-dades, mesmo com muitos carros e motos estacionados, ao redor do local. A impressão é que a maioria das pessoas chegou mais cedo, para evitar transtornos.

Entretanto, ainda houve os casos de candidatos chegando atrasados, sendo impedidos de fazer a prova. Os portões se fecharam às 7h45 e alguns alegaram que se confundiram no horário, porque achavam que poderiam entrar na escola até às 8h.

Atrasados - Jossimara Silveira Barros, de 24 anos, chegou até antecipada, por volta das 7h30, no entanto ficou dentro do carro com a mãe conversando e esperando a hora de entrar. Por entender que os portões ficariam abertos até 8h, se confundiu e quando seguiu para entrada, já tinha ultrapassado o horário permitido.

Ela disse que estava “bastante chateada”, porque a intenção era fazer a prova, para terminar o ensino médio, já que não parou os estudos no 3° ano, para tratamento de saúde, contra a depres-são. Vai ter que esperar até o ano que vem, para realizar o exame novamente.

Já a costureira Cíntia Martins, 50, contou outra história curiosa. Ela estava indo fazer a prova junto com seu filho de 18 anos. Os dois moram no bairro Maria Aparecida Pedrossian, e quando chegaram na escola, que fica na região sul de Campo Grande, ela deixou o filho no portão e quando vou estacionar, não deu tempo de entrar.

“Fiquei triste por perder a prova, mas por outro lado contente por ter dado certo para meu filho, o principal objetivo era ele”, disse Cintia, que revelou também ter se confundido com o horário, achando que os portões fechariam às 8h e não 7h45.

Encceja - Mato Grosso do Sul teve 80.024 inscritos para fazer a prova neste domingo (19), que poderá dar a certificação de conclusão do ensino fundamental e médio, aos candidatos. As provas terão início às 8h.

Somente em Campo Grande, 27.648 pessoas se inscreveram, enquanto que mais 52.376 irão pas-sar pela avaliação, em 20 cidades do Estado. Além de possibilitar a conclusão do ensino funda-mental, também possibilita a finalização do ensino médio pela primeira vez, desde 2009.

Para a prova do ensino médio, mais de 60 mil pessoas se inscreveram no Estado, tendo 19.483 candidatos para buscar a certificação do Ensino Fundamental.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions