A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/02/2013 15:59

"Consolava minha mãe", diz menina de 8 anos refém de ladrões

Nadyenka Castro e Viviane Oliveira
A criança que aos oito anos, foi vítima de bandidos. (Foto: Simão Nogueira)A criança que aos oito anos, foi vítima de bandidos. (Foto: Simão Nogueira)

Aos oito anos, ela ficou refém de bandidos por horas, nessa quinta-feira, junto com a família. A menina, o irmão de 12 anos, a mãe de 38 e o pai de 28, ficaram trancados em um pequeno quarto escuro, no Jardim Caiobá, em Campo Grande. Tudo isso porque assaltantes queriam roubar o caminhão que servia como ganha pão das quatro pessoas.

A menina conta que durante o tempo em que ficaram no quarto, o pai passou mal, a mãe chorou e os criminosos ofereciam água, refrigerante e perguntavam se queriam utilizar o banheiro. “A minha mãe chorava muito. Meu pai começou a passar mal e o meu irmão não falava nada. Eu apenas consolava a minha mãe”, disse a pequena.

O homem trabalhava com frete e fazia um serviço na região do Portal Caiobá – bem longe da casa dele-. Ele não costumava levar a família durante o trabalho, mas, nessa quinta-feira, estavam todos juntos porque iriam lanchar após o expediente.

Por volta das 18h30min o trabalhador foi chamado para fazer uma mudança no Portal Caiobá. Ele decidiu aceitar porque estava perto. Os contratantes não falaram endereço, apenas o ponto de referência e quando o homem chegou ao local indicado, foi orientado, por telefone, a ir a uma residência que ficava na rua de trás.

A casa era rodeada por matagal. O trabalhador desceu e a pessoa que o recebeu falou que a mudança estava nos fundos. Ele foi e acabou sendo rendido. O restante da família foi abordada em seguida.

De acordo com a menina, os assaltantes estavam em quatro e ela viu apenas um deles com arma de fogo. O pai foi amarrado e todos ficaram trancados no pequeno cômodo sem energia elétrica. “Nós ficamos em um quarto escuro. Não dava para ver nada”, lembra.

Um dos assaltantes saiu com o caminhão e celulares das vítimas. Em um determinado momento, eles começaram a se comunicar com o que estava no veículo e a discutir, pois não esperavam ter que render crianças. Também, conforme a menina, beberam pinga e fumaram maconha.

Depois de horas vigiando a família, os assaltantes foram deixando o local. O último disse que era para saírem do quarto após meia-hora. Após um tempo, a mulher passou a pedir por água para constatar se não tinha mais ninguém mesmo.

Constatando que estava “seguro”, a mulher desamarrou o marido e todos saíram do quarto. Pediram por ajuda na rua e em diversas casas na vizinhança. Conforme a menina, ninguém quis ajudar, com medo.

Apenas um senhor fez, mas, com ressalvas. A família não podia esperar na casa dele e nem mesmo falar o endereço do local. Assim foi feito e pai, mãe e filhos foram à delegacia denunciar o crime.

As vítimas pedem ajuda para localizar o caminhão D40 azul, com placas HQG-4053, de Campo Grande.



Engraçado tbm a vizinhança não querer ajudar ,eta povo campograndesse solidáaaaaaaaario como eles só...nunca ajudam
 
patricia andrade em 16/02/2013 15:19:35
Tenho Certeza Que Deus Vai Dar em Dobro Pra Essa Familia o Que Eles Perderam. E Aconselho a Esse Trabalhador , A Todos na Verdade , Que Se Quiser o Caminhao Roubado de Volta Terá Que Procurar Sozinho , Ir Atras Por Conta , Pois a Policia , Ou Melhor , A "Segurança Pública" é Uma Vergonha. Todos Estão Lá Apenas Esperando o Sálário Cair na Conta no Começo de Cada Mes.
 
Gilberto Bras em 16/02/2013 11:31:33
isso sim é uma barbaridade,paulada e cadeia neles.
 
Elizer da silva arruda em 16/02/2013 09:43:13
Infelizmente essa familia ficará sem seu ganha pão, por que tb fui vítima e depois de fazer o BO no centro fui na delegacia que cuida de roubo de veículo e os policiais de lá praticamente me ignoraram, nem olharam pra minha cara.
 
Jair Lima em 16/02/2013 09:02:54
Barbaridade crime isso terror fazer isso com trabalhador com familia,,, cade Direitos Humanos agora? qdo bandido vai preso direito humanos defende ele ,,, e agora essa crianca ficam como com trauma,,,, ? alguem viu essa acao por favor denuncie esse bandidos safados,, cadeia neles confiamos na policia esperamos JUSTICA,,, Justica
 
Rosilene carvalho em 16/02/2013 00:49:48
Bandido bom é bandido morto! Deus me perdoe, mas para mim ladrão tem que apanhar, e muito. Tomara que encontrem o caminhão e devolvam o ganha pão dessa família.
 
vanessa martins em 15/02/2013 21:31:11
Ontem não tinha carro de policia militar nem na copavila, União, Popular e coopatrabalho. Os policiais diziam que elas estavam "BAIXADAS" estragadas. Pergunto e hoje já tem ou vai ter outra familia vitima???
 
joel boeri em 15/02/2013 18:25:50
Barbaridade...como é que ninguém ajuda uma família desesperada com duas crianças,tudo bem que a violência ta demais e quase não dá pra confiar em ninguém, mas convenhamos se fossem ladrão não iriam pedir para chamar a policia é ou não é ? É bem como diz : O mundo está perigoso não por causa dos que fazem o mal ,mas por conta dos que veem e se calam...Aff!!!
 
ana paula ribas em 15/02/2013 17:30:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions