ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SÁBADO  27    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Garoto de programa acusado de matar companheiro enfrenta novo júri hoje

Por Viviane Oliveira | 10/06/2015 06:30
Na época em que foi preso, Christian, ao confessar o crime, Christian disse que agiu em legítima defesa. (Foto: João Garrigó)
Na época em que foi preso, Christian, ao confessar o crime, Christian disse que agiu em legítima defesa. (Foto: João Garrigó)

O jovem Christian Rodrigues Simplício que matou o companheiro estrangulado em 2011 enfrenta novo julgamento nesta quarta-feira (10), às 8h, na 2ª Vara do Tribunal do Júri, em Campo Grande.

O primeiro julgamento ocorreu em outubro de 2013, no qual o rapaz foi condenado a pena de 15 anos de reclusão em regime fechado. Porém, a defesa recorreu e o TJ/MS (Tribunal de Justiça) anulou o julgamento, em razão da decisão dos jurados ter sido contrária às provas dos autos.

Christian é acusado de ter matado estrangulado Onivaldo Rocha Mengual, 47 anos, em novembro de 2011, no Condomínio Trípoli, na Rua Treze de Maio, no Centro.

O crime teria sido cometido por motivo torpe, decorrente do rapaz não concordar com as brigas do relacionamento motivadas por ciúme. Conforme o Ministério Público o acusado usou de meio cruel, pois com um fio elétrico estrangulou Onivaldo até a morte.

A vítima foi enforcada com uma corda de varal e amarrado com fio de um ventilador. Na época, ao confessar o crime na delegacia, Christian disse que agiu em legítima defesa, pois era mantido em cárcere privado por Onivaldo, que não permitia que o jovem fizesse programas.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário