A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

30/11/2012 08:28

Justiça solta rapaz que matou 2 em discussão por futebol

Apesar da liberdade, ele está proibido de frequentar bares, de sair de Campo Grande e tem que se apresentar em juízo a cada três meses

Nadyenka Castro
Conveniência onde aconteceu o crime. (Foto: Simão Nogueira)Conveniência onde aconteceu o crime. (Foto: Simão Nogueira)

Acusado de matar dois irmãos durante discussão sobre futebol em novembro do ano passado, Rodrigo de Andrade Oliveira, 29 anos, já está solto. A Justiça acatou pedido da defesa e ele foi colocado em liberdade.

A discussão aconteceu em uma conveniência da rua Albert Sabin, na Vila Anahí. Foram baleados por Rodrigo, João Pinheiro de Oliveira, 47 anos, e o irmão dele Gilberto Pinheiro de Oliveira. O primeiro morreu no local e o outro, três meses depois no hospital.

Rodrigo se apresentou à 6ª Delegacia de Polícia Civil, foi ouvido e liberado. Meses depois, foi preso. A defesa pediu liberdade provisória e, conforme decisão do último dia 26, foi colocado em liberdade.

O juiz Aluizio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Júri, impôs medidas cautelares. Rodrigo de Andrade está proibido de frequentar bares, boates “ou lugares em que se comercialize bebida alcoólica, pois foi nesse contexto que o delito foi praticado”; de sair de Campo Grande sem autorização judicial e também terá que se apresentar em juízo a cada três meses.

Homem foge de briga, se envolve em acidente e acaba agredido por moradores
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


è por isso que eu odeio juiz e advogado, só servem para beneficiar bandidos.
 
ivan carlos m. de oliveira em 01/12/2012 09:06:05
pouca vergonha em juiz
 
valter nascimento em 30/11/2012 21:11:39
....vcs que estão fazendo esses comentarios, sabem com precisão precisão do que
estão falando?? já ouvi comentários que as vitimas gostavam de bater na cara dos outros e se isso é verdade não morreram de graça né,os brabão morrem assim mesmo.
 
Marcírio Soares Lopes em 30/11/2012 11:53:42
A vida não vale nada mesmo.... uma simples discussão sobre futebol o cara mata dois, cumpre um ano e agora está para continuar a matar mais.... o que vale uma vida?
 
LUIZ CARLOS DOS SANTOS em 30/11/2012 10:28:15
QUE SEJA FEITA A JUSTIÇA DIVINA ,PORQUE A JUSTIÇA HUMANA
NÃO VALE DE NADA...
 
FRANCIELI BRITO em 30/11/2012 10:22:17
Vergonhoso....o camarada mata dois, mesmo que fosse um e fica em liberdade depois de um ano....Será que esse Juiz soutaria se fosse da família dele? Fazer o que? isso é Brasil.
 
salomé Albuquerque em 30/11/2012 10:10:07
Primeiro, Juiz e Advogados trabalham baseados em leis; algum leitor fala dos autores de leis? Se Educação estivesse ligada ao aumento da criminalidade, os políticas seriam os mais analfabetos do país. Recentemente o Supremo condenou um monte, entre eles quantos analfabetos ou estudante de Escola pública? Educação, Cultura, Tradição e Costumes andam juntas na formação de um povo. Esse conjunto sendo bom, os frutos serão excelente.
 
luiz alves em 30/11/2012 10:04:42
se matasse SÓ UM, TUDO BEM, mas MATOU DOIS,,,, e agora VAI MATAR MAIS QUANTOS 4 5 6 ou até o JUIZ QUE O SOLTOU,,,, temos que rever urgentemente a LEI PENAL pois a vida está BANALIZADA,,,,fazem o que querem e ficam em liberdade, principalmente quem fica no REGIME SEMI ABERTO continua praticando o crime... acorda OAB, MINISTÉRIO PUBLICO, PARLAMENTARES, JUIZES ou a quem de direito tem mudar este CÓDIGO PENAL URGENTE....preso tem trabalhar duro com horario e muita disciplina.
 
MATEUS COSTA em 30/11/2012 09:42:13
Ficamos perplexos na resolução desse caso, um crime sem nenhum motivo, tirando vidas e despedaçando uma familia e temos uma condenação leve para muito leve e abrindo procedente para a violência. Hoje estamos envergonhados por acreditarmos na justiça desse país, porque a injustiça reina e comprovada com nosso 39° lugar de 40 paises que investe em educação.
 
Carlos Miranda em 30/11/2012 09:41:15
SEM COMENTÁRIOS
 
elisa martins em 30/11/2012 09:32:46
O que nos causa perplexidade é essa frouxidão e impunidade de nossa Justiça Penal!! O indivíduo atirou e matou á queima roupa os dois irmãos, por motívo fútil,e ficou apenas 01 ano preso. Daqui há 10 anos vai ser marcado o seu juri, e, se for condenado, vai entrar com outro"recurso" para não ir preso.
 
MARCELLO MENDES em 30/11/2012 09:03:47
O Brasil precisa rever imediatamente suas leis, fica impossivel entender como uma pessoa mata covardemente outras duas e fica solto, a unica proibição será de frequentar bares, etc, ora quem será o responsavel em cobrar tal determinação? A vida humana perdeu o valor a ponto de duplo homicidio resultar em liberdade, ainda que processado, talvez devessemos mudar o termo justiça para um mais apropriado; INJUSTIÇA.
 
Horlando P. de Mattos em 30/11/2012 09:02:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions