A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

06/01/2018 09:47

Morre padre Fabiano Figueiredo, um dos primeiros ordenados na cidade

Padre Fabiano Vilella Figueiredo foi ordenado sacerdote ao lado do irmão, padre Ubajara Paz de Figueiredo, em 1966; despedidas acontecem na paróquia Cristo Luz dos Povos

Humberto Marques
Padre Fabiano lutava contra complicações do Alzheimer; velório será realizado na paróquia Cristo Luz dos Povos. (Foto: Arquidiocese de Campo Grande/Reprodução)Padre Fabiano lutava contra complicações do Alzheimer; velório será realizado na paróquia Cristo Luz dos Povos. (Foto: Arquidiocese de Campo Grande/Reprodução)

Faleceu na madrugada deste sábado (6), aos 81 anos, o padre Fabiano Villela Figueiredo. Ele foi, ao lado do irmão, o também padre Ubajara Paz de Figueiredo, o primeiro sacerdote ordenado por Dom Antônio Barbosa –o primeiro arcebispo metropolitano de Campo Grande.

Missas de corpo presente serão realizadas a partir das 11h deste sábado na Paróquia Cristo Luz dos Povos, onde o padre Fabiano foi um dos primeiros a atuar e permaneceu por anos, segundo o atual pároco da igreja, padre Wagner Divino de Souza. Ele disse, ainda, que Fabiano lutava há dez anos com complicações do Alzheimer, vendo seu quadro piorar nos últimos dois anos.

“Ele completaria 82 anos no dia 1º de maio, e estava com um grau de enfermidade agravado”, disse o padre Wagner. Durante a recuperação, a igreja manteve o atendimento com equipes ao seu lado. “Padre Fabiano doou sua vida na construção não só desta, mas de outras igrejas da Arquidiocese de Campo Grande. É um momento de consternação e de relembrar essa gratidão”, afirmou.

História – Ao lado do irmão, o também padre Ubajara Paz de Figueiredo, Fabiano Figueiredo foi ordenado sacerdote pelo arcebispo Dom Antônio Barbosa, em 15 de janeiro de 1966. Em 2017, eles comemoraram 50 anos de sacerdócio. “Foram os primeiros padres diocesanos de Campo Grande. Tão úteis por tanto tempo para o Povo de Deus”.

Em nota, a Arquidiocese reforçou pedidos de “conforto e consolo” à família do padre Fabiano, reforçando que sacerdote, “abrasado pelo amor a Deus e ao próximo, viveu em plenitude a vocação de contribuir para a redenção do homem, segundo a missão sacerdotal da direção espiritual dos fiéis, da reconciliação sacramental dos penitentes e da celebração da Eucaristia, numa doação cotidiana, ao longo de 51 anos de vida sacerdotal, ao serviço da Igreja”.

O corpo deve chegar à Paróquia Cristo Luz dos Povos –na avenida Bandeirantes, 2.306, bairro Nova Bandeirantes– às 11h. Neste horário, será realizada a primeira missa de corpo presente, presidida pelo arcebispo emérito de Capmo Grande, Dom Vitório Pavanello. Das 11h às 18h serão realizadas outras celebrações do clero local, ocorrendo a seguir missa da própria comunidade.

Às 9h de domingo (7) será realizada a missa exequial, celebrada na paróquia pelo arcebispo metropolitano de Campo Grande, Dom Dimas Lara Barbosa. O sepultamento está previsto para as 10h30, no cemitério Parque das Primaveras.

Arquidiocese de Campo Grande celebrará 13 missas em homenagens a Dia de Finados
O Dia de Finados, que é lembrado amanhã (2), conta com programação especial nos oito cemitérios de Campo Grande com celebração de 13 missas. As celeb...
Arquidiocese prevê 15 mil em procissão de Corpus Christi
A Arquidiocese de Campo Grande espera aproximadamente 15 mil católicos na procissão de Corpus Christi na Rua 14 de Julho, entre as avenidas Mato Gros...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions