A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 23 de Setembro de 2018

28/06/2018 09:11

“Não fiz nada”, diz acusada de matar idoso a facadas junto com adolescente

Namorado da acusada, de apenas 15 anos, teria participado da ação por ciúmes

Danielle Valentim e Bruna Kaspary
Vanessa negou o crime durante julgamento. (Foto: Saul Schramm)Vanessa negou o crime durante julgamento. (Foto: Saul Schramm)

 

Em júri na manhã desta quinta-feira (26), Vanessa Gonçalves Dias, de 30 anos, ré pelo assassinato de José de Santana, de 56, no Jardim Los Angeles, em Campo Grande, nega o crime e afirma não conhecer o adolescente que teria ajudado no esfaqueamento.

Segundo a denúncia, na noite do crime, em setembro de 2016, o namorado da acusada, de apenas 15 anos, também teria participado da ação por ciúmes.

Durante o julgamento desta manhã, a promotora Mariana Sleiman Gomes questionou Vanessa sobre ter confessando o crime na delegacia, na época do crime, e agora estar negando.

“”Eu fiquei tão nervosa, que menti. Eu não fiz nada. Nem conhecia o adolescente”, se defendeu.

Na noite do crime, como consta na denúncia, a vítima teria pedido para o adolescente buscar um vinho para tomarem juntos. Ao retornar o garoto teria flagrado a vítima passando a mão nas partes íntimas da mulher.

Revoltado o menino disse à mulher que iria matar José por a tê-la assediado. “Se você for matar eu te ajudo”, rebateu Vanessa ao jovem.

Depois do crime, Vanessa e o adolescente, ainda passaram a noite de quarta para quinta-feira (29), com o corpo na residência. O filho de 8 anos de Vanessa também estava na casa dormindo em um quarto. No dia seguinte Vanessa teria dado um banho na vítima, para evitar que fossem descobertas as impressões digitais.

 

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions