A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/09/2016 17:42

Adolescente confessa que matou por ciúme, mas namorada foge com outro

Adriano Fernandes e Guilherme Henri
Adolescente de 15 anos foi apreendido juntamente com a motocicleta da vítima (Foto: Guilherme Henri)Adolescente de 15 anos foi apreendido juntamente com a motocicleta da vítima (Foto: Guilherme Henri)

Vanessa Gonçalves Dias, de 29 anos, ajudou o namoradinho de 15 anos a matar José de Santana, de 56. O garoto estava com ciúme depois de flagrar José tocando as partes íntimas dela e, com raiva, usou uma faca para matá-lo com a ajuda dela, que, no entanto, no dia seguinte fugiu em companhia de outro homem.

Quem conta como ocorreu o crime, cometido na quarta-feira (28), é o próprio adolescente, que nesta sexta-feira (30) à tarde se entregou à Polícia Civil.

O jovem confirmou que ele e a namorada estavam bebendo em um bar quando a vítima passou a conversar com o casal. Os três foram para a residência localizada na Rua Francisco Manoel da Silva, no Jardim Los Angeles, quando José teria pedido para o jovem ir buscar um vinho para que eles pudessem tomar juntos.

Ao retornar o garoto teria flagrado a vítima passando a mão nas partes intimas da mulher e ainda chegou a dizer ao adolescente "perdeu". Revoltado o menino disse a mulher que iria matar José por a tê-la assediado. “Se você for matar eu te ajudo”, rebateu Vanessa ao jovem.

O garoto então deu o primeiro golpe de faca no peito de José, que tentou escapar indo para o banheiro da residência. Contudo, lá Vanessa armada com outra faca cortou o pescoço da vítima. Enquanto José se debatia no banheiro o jovem continuou esfaqueando o rapaz.

“Ela então pediu para mim sair e ir aumentar o volume do som para que os vizinhos não ouvissem nenhuma movimentação e continuou esfaqueando ele”, conta.

Segundo o rapaz, quando retornou ao banheiro a mulher estava estava pisando no pescoço do homem para asfixiá-lo, mesmo depois de tê-lo esfaqueado várias vezes. Os dois ainda passaram a noite de quarta para quinta-feira (29), com o corpo na residência. O filho de 8 anos de Vanessa também estava na casa dormindo em um quarto.

No dia seguinte Vanessa teria dado um banho na vítima, para evitar que fossem descobertas as impressões digitais. Em seguida o jovem fugiu para a casa de uma tia com a motocicleta modelo Shineray, de cor vermelha da vítima. Vanessa não disse para onde ia mas ligou para o jovem e disse apenas que também havia fugido, mas com outro homem.

Na tarde desta sexta-feira (30), dois dias após o crime o jovem decidiu ligar para a polícia e se entregar. “Eu fiz tudo isso por ela e ela ainda fugiu com outro homem. Estou arrependido. Ele era uma pessoa inocente, que tinha família. Espero que a policia encontre ela para que pague por isso junto comigo”, disse o garoto na delegacia.

Ele esta detido na 5° Delegacia de Polícia da Vila Piratininga em Campo Grande. A mulher ainda está foragida.

A vítima foi morta em uma residência localizada no bairro Los Angeles (Foto: Fernando Antunes)A vítima foi morta em uma residência localizada no bairro Los Angeles (Foto: Fernando Antunes)

Crime - testemunhas contaram à policia, que na noite de quarta-feira, o adolescente e sua namorada saíram para beber e no estabelecimento a vítima teria mexido com a mulher. Mesmo assim, o garoto convidou o homem parar consumir bebida alcoólica na casa da namorada.

Lá, a dupla matou o homem a golpes de faca enquanto o filho de Vanessa dormia em um dos quartos. Após o crime, o suspeito roubou vários objetos da vítima, inclusive R$ 450 e uma motocicleta. Ele contou aos parentes que com o dinheiro pretendia alugar uma quitinete na região do Bairro Centenário.

O avô do suspeito, de 66 anos, contou que alugava o imóvel para Vanessa há três meses. Nesse tempo, o neto dele se aproximou e começou a manter relacionamento com a mulher, que tem quatro filhos, mas atualmente morava apenas com o menino de 8 anos.

Segundo o idoso, o crime ocorreu na noite de quarta para quinta-feira. "No outro dia de manhã, ainda levaram o filho de Vanessa para a escola. Eles agiram como se nada tivesse acontecido. Fiquei espantando com tanta frieza”, lamenta o avô do suspeito.

Conforme o delegado Cléverson Alves dos Santos, o adolescente tem passagens por ameaça, roubo a mão armada e furto na cidade de Sidrolândia. Já Vanessa é fichada por lesão corporal, abandono de incapaz, receptação e por induzir fuga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions