A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018

07/05/2018 08:33

“Preferia ele vivo a morto como um herói”, diz tia de vítima de assaltante

Equipes da Polícia Militar fazem buscas pelo suspeito. A informação é que o assaltante está na região da Esplanada Ferroviária

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Pai e parentes desolados com a morte precoce de Antônio Marcos  (Foto: Saul Schramm)Pai e parentes desolados com a morte precoce de Antônio Marcos (Foto: Saul Schramm)

“É uma injustiça. Ele tentou ajudar alguém e acabou morto”. O desabafo é da babá Denise Faustino de Souza, tia do auxiliar de pedreiro Antônio Marcos Rodrigues de Souza, 34 anos, morto com um golpe de faca no pescoço ao tentar ajudar uma vítima de assalto. O caso aconteceu por volta das 6h30 desta segunda-feira (7), na Avenida Mato Grosso com a Rua dos Ferroviários, na região central de Campo Grande.

Chorando, Denise contou que a mãe de Antônio morreu há 5 meses, vítima de câncer. O sobrinho era filho único e estava morando na casa do pai para ajudá-lo. “Eu quero justiça. Se pudesse fazia com as minhas próprias mãos. Eu preferia ele vivo a morto como um herói”, lamentou.

O pedreiro João Roberto Faustino de Souza, que estava junto com o filho no momento do crime, contou que os dois saíram de casa por volta das 5h de bicicleta e seguiam para o trabalho, quando Antônio avistou a mulher sendo assaltada. “A menina havia sido rendida. Ele saiu correndo e cruzou a rua. Quando vi, meu filho já estava com a mão no pescoço sangrando”, contou. Equipes da Polícia Militar fazem buscas pelo suspeito. A informação é que o assaltante está na região da Esplanada Ferroviária.

Caso - Antônio Marcos foi morto com um golpe de faca no pescoço ao tentar ajudar vítima de assalto. A informação é de que a jovem está junto com a polícia, que faz buscas pelo suspeito. Conforme testemunhas, Antônio e o pai seguiam para o trabalho de bicicleta, quando avistaram a mulher sendo rendida por um assaltante. Antônio, então, tentou ajudar a vítima e acabou ferido pelo ladrão. Não há informação se foram levados objetos das vítimas.

O Corpo de Bombeiros e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foram acionados, mas Antônio não resistiu e morreu no local. O pai dele, que presenciou o crime, passou mal e precisou de atendimento dos socorristas.

Movimentação de bombeiros e policiais na rua onde ocorreu o roubo seguido de morte (Foto: Saul Schramm)Movimentação de bombeiros e policiais na rua onde ocorreu o roubo seguido de morte (Foto: Saul Schramm)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions