A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

11/08/2017 16:37

A 10 dias do prazo, 60% dos mototáxis ainda não têm medidor de corridas

Mototaxistas têm até o dia 21 de agosto para instalarem equipamento nas motos

Anahi Zurutuza
Mototaxista em avenida da Capital (Foto: André Bittar/Arquivo)Mototaxista em avenida da Capital (Foto: André Bittar/Arquivo)

Faltando 10 dias para o fim do prazo de regularização, somente 40% dos 490 mototaxistas de Campo Grande já trabalham com o mototaxímetro. A informação é do sindicato da categoria, que foi cobrado nesta semana pela Subsecretaria de Defesa do Consumidor.

Em reunião nesta quinta-feira (10) com o presidente do Sindicato dos Mototaxistas, Durvair Caburé, o subsecretário Valdir Custódio pediu que a entidade elabore um balanço das instalações dos equipamentos para calcular as corridas.

A frota de mototáxis da cidade tem de estar regularizada até o dia 21 de agosto, conforme prevê o decreto municipal nº 13.096 que regulamentou o serviço em Campo Grande, em vigor desde 13 de fevereiro.

“Estamos nos antecipando já que vimos que há resistência para instalar os mototaxímetros. Pensando na transparência e confiabilidade que o aparelho passa ao cidadão, vamos cobrar que o prazo seja cumprido. Vamos fiscalizar, multar e encaminhar à Agetran [Agência Municipal de Transporte e Trânsito] as informações para que suspenda o alvará de quem está irregular”, afirmou o subsecretário por meio da assessoria de imprensa.

Caburé admite que muitos mototaxistas deixaram para a última hora, mas acredita que todos vão se regularizar.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions