A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/04/2011 17:14

À espera de ampliação do Aeroporto, André chama Infraero de “paquiderme”

Jorge Almoas
Para Puccinelli, depois de desapropria áreas - o que já foi feito - obras devem terminar em três anos (Foto: João Garrigó)Para Puccinelli, depois de desapropria áreas - o que já foi feito - obras devem terminar em três anos (Foto: João Garrigó)

O governador André Puccinelli criticou ontem em palestra na Anoreg (Associação dos Notários e Registradores) a postura da Infraero – estatal que administra os aeroportos brasileiros – em relação à ampliação do Aeroporto Internacional de Campo Grande, parado desde 2009. Puccinelli chamou a estatal de “paquiderme”.

Enquanto exibia as obras realizadas pelo seu governo, ao citar a ampliação do Aeroporto de Campo Grande, o governador declarou. “A Infraero é um paquiderme, já liberei a área para as obras e até agora nada”, citando a lerdeza da empresa federal em concluir a revisão do Plano Diretor do complexo aeroportuário de Campo Grande.

O acordo para ampliação foi assinado em dezembro de 2009. Desde então, o governo do Estado desapropriou e tornou de utilidade pública a área no entorno do Aeroporto Internacional. O total da área pedida pela Infraero é de 1,33 mil hectares.

“Já declaramos uma área maior de utilidade pública, mas acredito que a área desapropriada será menor. Quero que a Infraero em três anos esteja executando as obras, mesmo que eu não coloque a plaquinha da obra”, disse André, em março, ao Campo Grande News.

A Infraero ficou responsável pela do Plano Diretor do Aeroporto e elaborar estudos de engenharia da primeira fase de desenvolvimento, que incluirá o novo terminal de passageiros e o novo pátio de aeronaves.

O valor total da obra é de R$ 20 milhões. Com as mudanças, o aeroporto irá dobrar de tamanho, com capacidade para atender até 2 milhões de passageiros por ano.

Aeroporto da Capital recebeu mais de 1 milhão de passageiros em 2010
O Aeroporto Internacional de Campo Grande registrou mais de 1 milhão de passageiros que passaram pela capital de Mato Grosso do Sul no ano de 2010. o...
André fala com Aeronáutica sobre ampliação do aeroporto
O principal objetivo da viagem do governador André Puccinelli a Brasília nesta segunda-feira foi uma conversa com o comandante da Aeronáutica, Tenent...


E, mto mais que paquiderme, Sr. Governador. Chegando de Sao Paulo, na ultima sexta-feira, meu filho, nao encontrou vaga no estacionamento ,do belo aeroporto da capital.
Tinha mais carros, que a famosa 23 de março, a partir das 17 hrs, sentido aerporto
de Congonhas. Quer dizer, o pessoal invadiu os estacionamentos da administraçao da Infraero, estacinaram nas faixas amarelas, e por ultimo o estacionamento da Localiza. No qual causou um tumulto grande, visto que o funcionario da Localiza, ao locar um veiculo para um turista, o mesmo colocou o veiculo na saida do estacionamento e disse que nao ia tirar o veiculo pois estavamos ocupando o estaciomanto da Localiza. Vejam Srs. como um funcionario, mal preparado, para atender uma empresa de nome e provocando uma imagem de MA VINDAS aos turistas e nos da cidade que sempre indicamos a mesma para parentes, amigos etc. O mesmo, se sentiu, naquele momento, dono do mundo, ameaçando chamar autorizadades etc. Concordo com o governador, alias nao e so nosso aeroporto, e geral, se brincar o aeroporto de Vargea Grande eh melhor que o nosso. Que, Deus nos ajude.
 
Luciano Rosa em 17/04/2011 12:28:33
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions