ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, SEXTA  24    CAMPO GRANDE 27º

Capital

A mando de presidiário, mulher tenta abrir conta em banco com documento falso

Gerente da agência havia recebido alerta em grupo de whatsapp e chamou polícia ao desconfiar de fraude

Por Ana Oshiro | 29/07/2021 08:53
Pres em flagrante, mulher passa por audiência de custódia na manhã de hoje (Foto: Arquivo/Paulo Francis)
Pres em flagrante, mulher passa por audiência de custódia na manhã de hoje (Foto: Arquivo/Paulo Francis)

Mulher, de 45 anos, foi presa em flagrante depois de tentar abrir uma conta bancária usando documento falso em Campo Grande. Segundo a ocorrência, ela estava a mando de um presidiário e só cumpria ordens. A mulher passa por audiência de custódia na manhã desta quinta-feira (29).

De acordo com o depoimento da gerente do banco, na av. Eduardo Elias Zahran, no bairro Vila Villas Boas, durante esta semana uma foto do documento usado pela mulher circulou em grupos de whatsapp, alertando que uma pessoa estava tentando abrir conta usando o documento falso em várias agências.

Desconfiada, ela realizou o procedimento padrão de segurança, perguntando para a cliente qual o nome dos pais e local de nascimento. Como a mulher não soube responder, a gerente reteve os documentos e chamou a Polícia Militar, que prendeu a mulher em flagrante.

Para os policiais a mulher contou que fez contato com um preso, através de uma pessoa desconhecida, e ele pediu uma foto do rosto dela para fazer o documento falso. Uma outra pessoa desconhecida entregou o documento e um celular para a mulher, além de orientar que ela abrisse a conta no banco específico.

No interrogatório, realizado na 4ª Delegacia de Polícia Civil, a mulher se negou a falar e fez uso do direito constitucional de permanecer em silêncio. Acompanhada de um advogado, ela só disse que tem cinco filhos, está desempregada e é dependente química. Ela vai responder na justiça por uso de documento falso e estelionato na forma tentada.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário