A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/05/2011 14:42

Acadêmicos de Direito discutem em Audiência Pública reformas no Exame da OAB

Ana Paula Carvalho

A Comissão de Acadêmicos Estagiários da OAB/MS realiza nesta terça-feira (24), às 19h, uma Audiência Pública para discutir reformas no Exame da Ordem.

Entres as mudanças propostas pela Comissão estão à alteração da quantidade anual de exames, a regionalização das bancas de recurso e o aproveitamento da primeira fase.

Segundo o presidente da Comissão, Yves Drosghic, essas mudanças facilitam e melhorar a aplicação do exame. “Se regionalizarem os recursos, serão 27 bancas para correção e as chances de erros serão mínimas”, diz.

Ainda de acordo com ele, durante a audiência será elaborado um documento a ser enviado para o Conselho Federal.

Ele afirmou ainda, que a Comissão vai iniciar um movimento nas redes sociais para pedir apoio. “Vamos iniciar um movimento nas mídias e redes sociais buscando apoio de todos”, relata.

Participam da audiência, representantes da Comissão e Exame de Ordem da Seccional, Alexandre Bastos e José Manuelo, o presidente da

OAB/MS, Leonardo Duarte, advogados, bacharéis e acadêmicos.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


Barbaridade! Veja se o nome do tal yves está como aprovado na primeira etapa do exame da ordem 2010.3 pessoal, não está, e esta aprovado na segunda fase! liminar? só assim para passar? vamos passar turma, mas com honestidade, tanto dos candidatos como das organizadoras.
 
Alana Monteiro em 25/05/2011 12:48:11
parece que tem gente mais preocupado com os próprios interesses nessa Comissão da OAB, ridículo.
 
Kléber Ourives em 25/05/2011 12:10:21
É lamentável observar esse tipo de envolvimento, caso a Comissão esteja realmente envolvida com algo ligado à politicagem, nossa Seccional OAB precisa tomar um providência urgente. Pôxa, nós campograndenses estamos cansados de ver tanta corrupção, agora no Exame de Ordem, meu Deus, basta!
 
Maria Rojas em 25/05/2011 12:04:32
Nossa, é o cúmulo, misturar a OAB com essa politicagem ...quanta incoerência Sr. Leonardo Duarte.
 
Paola Aguirra em 25/05/2011 11:00:01
essa Comissão deveria colocar uma melancia na cabeça, alugar um veículo de som e sair falando esse tipo de abobrinhas pela cidade, assim ela "aparece" muito mais para os amigos do colarinho branco, quanta Politicagem Barata.
 
André L. de Jesus em 25/05/2011 10:42:00
fui nessa tal "audiência pública" e só ouvi blá blá, perdi meu tempo.
 
Ananda Arante em 25/05/2011 06:40:40
GRAVEM BEM O NOME DESSE SUBSTANTIVO.......SIM ESTE QUE.É XARÁ DO JURISTA GANDRA.....ELE ESTÁ QUERENDO FAZER O OAB DE "ESCADINHA" PARA APARECE NA POLÍTCA.....PRESTEM ATENÇÃO!!!!!
TODOS NÓS JÁ O CONHECEMOS DE OUTROS CARNAVAIS E DA UNIVERSIDADE.....
POLITIQUEIRINHO.....QUE SÓ.....
 
GILMAR CANDIDO em 25/05/2011 06:11:07
é a Comissão da Politicagem da OAB!
 
Willian Shimoto em 25/05/2011 06:02:28
ESTOU MONTANDO UMA COMISSÃO PARA ACABAR COM ESTE POVO POLITIQUEIRO QUE ESTÁ SE INFILTRANDO NA OAB........SR. DA PRESIDENTE DA ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL.....ESTOU FAZENDO AS PALAVRAS DO EX- DEPUTADO ROBERTO JEFERSON MINHAS...."SE AFASTE ENQUANTO HÁ TEMPO......."
 
GILMAR CANDIDO em 25/05/2011 03:58:28
como a OAB quer prestígio com gente desse tipo envolvida com o exame de ordem, prefiro acreditar em papai noel.
 
Paulo Roberto Marques em 25/05/2011 03:19:58
nossaaaaa, tem gente q nem passa na primeira fase da ordem e ja ta de presidente de comissão, nossaaaaaaa
 
MIRIAN CAPRI em 25/05/2011 01:00:03
A prova de direito do trabalho não foi justa e muitos profissionais já habilitados, inclusive o Dr. Alexandre A. Bastos, sabem disso. Medida de JUSTIÇA: anulação da prova de direito do trabalho e aplicação de uma avaliação razoável para os recém graduados.
 
Sergio Marcos Garcia em 24/05/2011 10:18:13
ESSE RAPAZ NÃO PARA COM ESSA POLITICAGEM....MEU DEUS!!!!!

IVES, TOMA TENTO......ATÉ NA OAB VC QUER FAZER POLITICAGEM PARA APARECER PARA POLITICOS.....

SÓ TE COMPRA QUEM NÃO TE CONHECE......
 
GILMAR CANDIDO em 24/05/2011 08:06:04
Pertinente o comentário do colega Edson,
se a corrupção política em nosso estado já corre solta, imagine a regionalizar a banca do exame!?
 
Thiago Nantes em 24/05/2011 06:57:18
Ilustríssimo colega, comigo também foi assim, tanto que hoje sou advogado, me gabo por isso? absolutamente não, pois esse foi só mais um "concurso" que obtive aprovação. E aqui vai um conselho, passe a acreditar em coisas concretas cidadão, e não em atos com face de coelho da pascóa.
 
Gustavo Santos em 24/05/2011 06:19:50
Cidadão, não é lógico o que a "OAB" está fazendo. Discutir o Exame de Ordem que a própria instituição faz é o mesmo que duvidar dos próprios critérios para dizer que fulano está ou não habilitado a exercer a advocacia, pois assim, indiretamente, admite também que existem profissionais sem conhecimentos mínimos desfilando com a carteirinha da OAB e se portando como advogado. Você acha isso lógico?
 
Gustavo Santos em 24/05/2011 05:46:01
Lendo os comentários, especialmente do Sr. Felipe e do Gustavo, percebo a importância do exame da ordem. Veja o raciocínio dessas pessoas! imagine atuando na profissão e soltando "pérolas" como estas. Estudem com seriedade na faculdade que no exame da ordem vocês não terão problemas, podem ter certeza, comigo foi assim.
 
Fábio Garcete de Almeida em 24/05/2011 05:37:35
Edson, a proposta de regionalização diz respeito somente às bancas de recursos e não à feitura do exame em si.
 
Daniel Contos em 24/05/2011 05:12:01
deixa eu ver se entendi, a OAB vai discutir um Exame de Ordem que ela mesmo aplica? em redes sociais? mais uma "conversa pra boi dormir" em relação a este exame.
 
Gustavo Santos em 24/05/2011 04:52:17
São pessoas como o Felipe que não são aprovados no exame creio eu...veja quanta lógica em seu raciocínio!
 
Cristiano Paim em 24/05/2011 04:38:01
O Exame deve continuar sendo aplicado nacionalmente, porque regionalizá-lo só irá abrir precedentes de facilitação e corrupção. Quanto ao aproveitamento da primeira fase para os que já a superam, eu sou a favor. O Exame de Ordem é um filtro que se mostrou de grande utilidade no decorrer dos anos, sou a favor de mudanças que venham aprimorá-lo, mas não que provoquem a perda de sua qualidade. Regionalizá-lo seria perder qualidade e expor a seriedade do Exame. Regionalizar seria o início do fim do Exame de Ordem.
 
Edson Junior em 24/05/2011 04:22:41
Não adianta fazer a faculdade de direito, pq se não passar na prova da ordem não poderá trabalhar na profissão, então é melhor fazer a prova da ordem e aí estará apto pra trabalhar.
 
Felipe Salinas em 24/05/2011 03:03:31
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions