A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

17/05/2012 09:45

Acidente na Tamandaré deixa motocilista ferido; avenida é cenário de batidas

Luciana Brazil
Bombeiros fazem atendimento à vítima que teve ferimento nas pernas. (Foto: Pedro Peralta)Bombeiros fazem atendimento à vítima que teve ferimento nas pernas. (Foto: Pedro Peralta)

Um acidente entre carro e moto na avenida Tamandaré, em Campo Grande, na manhã desta quinta-feira (17), deixou o motociclista Carlos Henrique Franco, 26 anos, com ferimento nos membros inferiores. A colisão foi apenas mais uma entre os inúmeros acidentes registrados no local, segundo os moradores e comerciantes da região.

O relações públicas do Corpo de Bombeiros, coronel Joílson de Paula, explica que as ocorrências são numerosas.

Na batida desta manhã, a condutora Dinorah Faustino, 70 anos, seguia pela rua Itanhaém e cruzou a avenida Tamandaré, que é a preferencial. A motorista afirmou que não viu a moto e por isso passou.

Os veículos envolvidos, um Fiesta e uma Honda Titan, não sofreram muitos danos, já que a colisão não foi tão violenta. A vítima estava consciente e com ferimentos leves na perna.

O motociclista, Carlos Henrique, dono de uma transportadora e estava indo para o trabalho, segundo um amigo da vítima, Fernando Miguel. “Nem sempre ele vai de moto, às vees ele vai de carro”, disse Fernando, que trabalha com ele. A vítima foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. A Ciptran (Companhia Independente de Policiamento de Trânsito) também esteve no local para fazer o atendimento.

Cristiane Rodrigues Melo, trabalha na região e afirmou que os acidentes são constantes. “Os acidentes acontecem sempre. Eu acho que as pessoas correm muito por aqui”. Felipe Albuquerque trabalha no posto de gasolina, em frente ao local do acidente e frisou a alta velocidade. “É muita velocidade. Eles correm demais”.

“O transito já é violento por si só e as pessoas não respeitam nada. Não prestam atenção e não dirigem com cautela. Aqui, vira e mexe, tem um acidente. Mas vai continuar tendo acidentes porque as pessoas vão continuar sem respeitar”, se indignou Valéria Santos que mora na rua Itanhaém.

Na quarta-feira outro acidente entre carro moto, aconteceu a alguns metros, na mesma avenida.



Eu estou completando 60 anos e sou motorista e examinador de transito. Em Campo Grande enquanto motorista e motociclista não tiver o bom senso no transito,em atentar que cada um tem sua habilidade e reflexos diferentes em que um enxerga melhor que outro e seu estado emocial no momento em que trafega são diferentes e a falta de respeito um para com outro, com certeza, os acidentes não vão parar.
 
hermes villalba em 17/05/2012 11:00:09
Será que diante de tantos acidentes envolvendo idosos, não seria hora de fazer uma reciclagem e verificar quem realmente tem condições pra dirigir? Exames de vista, pq na semana passada um outro idoso atropelou um motociclista e ele morreu na hora, o condutor da caminhonete alegou que não viu ... infelizmente é assim, a gente vai ficando mais velho, os reflexos diminuem, a visão fica pior.
 
Lizeti Aparecida Zanineli em 17/05/2012 10:57:43
Pois é, a exatos 50 dias aconteceu a mesma coisa com meu irmão, nesta mesma avenida, uma idosa ao volante tambem alegou que não viu a moto, resultado: sequelas para o resto da vida. É necessário que as pessoas respeitem as regras de transito. É preciso medidas rigorosas contra quem se envolve em acidentes, para que sirva de exemplo, para que todos possam ter um pouco mais de consciencia.
 
Claudia Alves da Silva em 17/05/2012 10:42:20
Mais um acidente envolvendo pessoa da 3ª idade, e ultimamente eles estão sempre errados cruzando preferencial. Todo o cuidado é pouco, atenção deve ser redobrada nos cruzamentos..Campanhas deverão ser feitas pelo DETRAN, para que mais vitimas motociclistas não percam sua vida pelo descuido do outro.Não vou generalizar, sei que ás vezes não vemos a moto, q elas surgem do nada (atrás d carros), mas!
 
Ana Rosalva da Silva em 17/05/2012 10:11:26
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions