A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 21 de Janeiro de 2018

05/09/2013 23:31

Acusado de matar comerciante vai a júri nesta sexta-feira

Vinícius Squinelo

Será realizado na manhã desta sexta-feira (6), às 8 horas, pela 2ª Vara do Tribunal do Júri de Campo Grande, o julgamento do réu Wanderson Rogério da Conceição Prado, acusado de homicídio cometido por motivo fútil.

Segundo a denúncia, no dia 10 de novembro de 2012, em um imóvel comercial localizado na rua Kartum, nº 227, no bairro Jardim Presidente, em Campo Grande, o réu matou a tiros de revólver a vítima Manoel Bispo dos Santos.

O acusado teria agido por motivo fútil, pois praticou o crime em razão da vítima ter-lhe cobrado uma dívida que possuía no estabelecimento da mesma, ficando demonstrada a insignificância do motivo. No dia do delito, Wanderson também estava portando uma arma de fogo ilegalmente e sem autorização.

O juiz titular da vara, Aluízio Pereira dos Santos, manteve a qualificadora do motivo fútil e, quanto ao delito de porte ilegal de arma de fogo, observou que “quanto à materialidade e indícios de autoria, não devendo este magistrado tecer aprofundadas considerações sobre ele — com exceção de quando for manifestamente infundado — devendo apenas remetê-lo para análise do juiz natural da causa, qual seja, Conselho de Sentença”. Assim, o réu Wanderson foi pronunciado nos termos da denúncia.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions