A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/02/2014 20:17

Acusado de matar delegado presta depoimentos e nega participação no crime

Alan Diógenes

O guarda-municipal José Moreira Freires, um dos acusados pelo assassinato do delegado de Polícia Civil aposentado, Paulo Magalhães de Araújo, morto no ano passado em Campo Grande, prestou depoimento à Justiça nesta quinta-feira (20). Mais uma vez, ele negou a participação no crime.

De acordo com o advogado do suspeito, Renê Siufi, não existem provas que comprovam que foi o guarda-municipal que matou o delegado. “Consideramos o depoimento como tranquilo, pois não existem provas contra meu cliente. Desta maneira, ele negou mais uma vez sua participação no homicídio. No dia do crime, ele estava na casa de um rapaz que prestava serviços como segurança e depois no hospital”, destacou.

O advogado disse que a Polícia deveria investigar pelo dezenas de pessoas que Paulo Magalhães havia denunciado. “O delegado tinha uma lista extensa de pessoas denunciadas por ele, aproximadamente setenta pessoas, que também deveriam ser ouvidas pelos investigadores”, salientou.

José Freires foi interrogado sem a presença do outro réu pelo crime, Antonio Benitez Cristaldo, que também negou participação no crime.

Com a audiência de hoje, a 2ª Vara do Tribunal do Juri finalizou a oitiva de testemunhas. Agora, a defesa e a acusação terão prazo para apresentar as alegações finais. Depois disso, o juiz Aluízio Pereira dos Santos analisará o caso e e decide se mandará os acusados a júri popular.

Crime - O delegado Paulo Magalhães foi executado dentro do carro, no dia 25 de junho, a poucos metros da escola da filha. A Polícia Civil concluiu que o crime foi praticado por três homens: Freires, Cristaldo e um terceiro que foi encontrado morto no fim do ano passado.

Audiência sobre a morte do delegado Paulo Magalhães é adiada
A audiência sobre o caso do assassinato do delegado Paulo Magalhães de Araújo, que deveria ocorrer amanhã (7), na 2ª Vara do Tribunal do Júri de Camp...
Tribunal liberta guarda municipal acusado de matar Paulo Magalhães
O vice-presidente do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), desembargador João Batista da Costa Marques, em exercício no plantão do Ano N...


Olha a guarda municipal ai genteeee.... E o ladrão da cb300? O que mais essa guarda municipal, segurança do bernal esconde?
 
Charles Luciano em 20/02/2014 20:56:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions