A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

09/12/2015 20:56

Acusado de matar menina e torturar garoto é condenado a 26 anos

Flávio Paes
Fernando Floriano, condenado a mais de 26 anos de prisão (Foto:Arquivo)Fernando Floriano, condenado a mais de 26 anos de prisão (Foto:Arquivo)

Em julgamento realizado nesta quarta-feira (9), o Tribunal do Júri da 2ª Vara, condenou Fernando Floriano Duarte, a 26 anos e 11 meses de reclusão em regime fechado, pela morte de uma menina de dois anos e por ter torturado o irmão da vítima.

Os jurados não levaram em conta o depoimento da mãe das crianças, que foi testemunha de defesa do acusado e admitiu ser apaixonado por ele, na época do crime estava grávida de Fernando a quem visita rotineiramente no presídio.

Conforme a denúncia apresentada pelo Ministério Público, Fernando teria cometido o crime por motivo fútil porque a menina brincava fora de casa e, ao entrar na residência, não conseguiu conter o choro. Além disso, teria agido com uso de meio cruel, porque causou intenso sofrimento físico e mental a vítima, esganando-a e arremessando-a contra o irmão e desferindo-lhe diversos socos no rosto.

O crime também teria sido cometido com recurso que dificultou a defesa da vítima, em razão da disparidade entre a força a física da menina e do réu, bem como se aproveitando do fato de que não havia nenhum adulto na residência. O réu também é acusado de ter agredido o irmão da menina.

Durante a sessão de julgamento, o promotor de justiça pediu a condenação do réu pelo crime de homicídio qualificado em relação à menina, pugnando pelo reconhecimento das agravantes de violência doméstica e crime contra criança, além do crime de resistência e pediu a desclassificação do crime de tortura para lesão corporal em relação ao irmão.

A defesa do acusado sustentou a inexistência do fato e absolvição por insuficiência de provas ou desclassificação para o crime de homicídio culposo e exclusão das qualificadoras. Além disso, alegou a tese da inexistência do crime praticado em relação ao menino, como também em relação ao crime de resistência.

Os jurados entenderam que houve o crime de tortura em relação ao menino, não havendo necessidade de fazer uso da referida representação. Em relação à menina, os jurados condenaram o réu pelo crime de homicídio qualificado, além do crime de tortura e de resistência.

Promotoria e prefeitura firmam acordo para recuperar área de preservação
Foi celebrado entre o MPE (Ministério Público Estadual) e a prefeitura de Campo Grande acordo para recomposição da vegetação nativa da área de preser...
Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


"O crime também teria sido cometido com recurso que dificultou a defesa da vítima, em razão da disparidade entre a força a física da menina e do réu".

Corrijam-me se eu estiver enganado. Uma criança de 2 anos recém aprendeu a andar. Esta pobre criança não teve a mínima noção do que estava acontecendo com ela no momento da agressão. Como poderia então, com um corpinho tão frágil, ter a mínima noção de defesa?

Alguém já disse: É muito tênue a distância entre o amor e a loucura. Prova disso é o comportamento da mãe da bebê. O amado matou sua filhinha, mas para ela aparentemente isso não é um agravante para não continuar gostando dele!

Preciso meditar mais à respeito... ...
 
SeiQueNadaSei_CGRMS em 10/12/2015 10:35:52
Poxa! Que lamentável não ter Pena de Morte no Brasil, esse é tipo de monstro que merecia extirpado do planeta terra.
 
Ezequiel em 10/12/2015 09:31:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions