A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/02/2011 08:32

Acusados de matar prostituta vão a júri popular dia 25

Nadyenka Castro

Julgamento será realizado quase dois anos após o crime

Hugo e Leonardo (de casaco preto), foram os primeiros a serem presos. Hugo foi solto pela Justiça pouco tempo depois. (Foto: Marcelo Victor/ Arquivo)Hugo e Leonardo (de casaco preto), foram os primeiros a serem presos. Hugo foi solto pela Justiça pouco tempo depois. (Foto: Marcelo Victor/ Arquivo)

Vão a júri popular a partir das 8 horas do dia 25 de março os jovens Hugo Pereira da Silva, Leonardo Leite Cardoso e Fernando Pereira Verone, que são acusados de matar a tijoladas a garota de programa Claudinéia Rodrigues Mendes, 25 anos, em Campo Grande.

O júri foi marcado para o próximo mês após o Tribunal de Justiça manter a sentença de pronúncia do juiz Aluízio Pereira dos Santos, da 2ª Vara do Tribunal do Justiça, que havia sido constatada pela defesa dos réus.

O julgamento será realizado quase dois anos após o crime, ocorrido na madrugada de 9 de maio de 2009. O corpo da prostituta foi encontrado pela manhã em um matagal nas proximidades do bairro Nova Campo Grande, com diversos ferimentos.

Os autores, todos de classe média, foram presos em junho. Hugo e Fernando faziam faculdade na época, em instituição particular de ensino. Fernando, que era acadêmico de Direito, foi o último a ser preso.

Hugo ficou poucos meses preso, já Leonardo e Fernando só saíram da cadeia em setembro do ano passado, por decisão da Justiça. Os três confessam envolvimento no crime, mas nenhum assume a responsabilidade sobre as agressões.

Os três amigos estavam no carro do pai de Fernando na época, um Palio Wekend, e davam voltas na cidade quando decidiram abordar prostitutas.

Eles então conversaram com Claudinéia, que era conhecida como “Néia”, e com uma amiga dela. As duas aceitaram e então os cinco seguiram para o Motel Chega Mais.

Ao chegar em frente ao local, a amiga da vítima desconfiou da situação e pulou do carro em movimento. Já Claudinéia ficou e acabou sendo morta no matagal.

De acordo com a acusação, após o crime, Hugo foi o primeiro a ir embora. Já Leonardo e Fernando ainda voltaram ao local do homicídio e só então foram para casa.

Acusados de matar garota de programa vão a júri popular em março
Acusados da morte de uma garota de programa em 2009, Leonardo Leite Cardoso, Fernando Pereira Verone e Hugo Pereira da Silva devem ir a júri popular ...
Suspenso júri de acusados de matar garota de programa
Está suspenso o júri dos três acusados de matar a garota de programa Claudinéia Rodrigues, em maio deste ano.O julgamento estava previsto para ser re...
Jovens acusam apenas um por morte de garota de programa
Dois jovens procuraram se isentar de responsabilidade e tentaram atribuir apenas a um, Leonardo Leite Cardoso, o assassinato da garota da programa Cl...
Acusado de matar garota de programa empurra fotógrafo
Um dos três acusados de matar a garota de programa Claudinéia Rodrigues, a Néia, 25 anos, Leonardo Leite Cardoso foi agressivo com o fotógrafo do Cam...


Fiquei muito surpresa quando vi que o Hugo estava envolvido neste crime, pois ele trabalhava na minha escola e sempre pareceu uma pessoa tranquila e calma, mais o ser humano é assim mesmo imprevisível....
 
Beatriz Santos em 29/03/2011 08:47:00
A morte seria luxo para esses vagabundos !
 
edilene mascarenhas em 19/02/2011 10:56:30
Pena de morte pra esses canalhas é pouco demais
 
Paulo Celestino Alves de Oliveira em 18/02/2011 10:51:25
Foi uma enorme covardia o que esses três vagabundos fizeram com a jovem Claudinéia, se existisse Pena de Morte no Brasil, aplaudiria a execução deles.
 
Jane Oliveira em 18/02/2011 02:17:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions