A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 19 de Setembro de 2018

26/06/2018 18:03

Adolescente baleado foi socorrido em mercado e chegou a falar de assaltante

Funcionários relatam que socorro demorou 40 minutos e moradores reclamam da violência do bairro

Izabela Sanchez
Local onde Jean caiu e foi socorrido pelos funcionários (Izabela SanchezLocal onde Jean caiu e foi socorrido pelos funcionários (Izabela Sanchez

Antes de ser socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), o adolescente de 17 anos assassinado com um tiro no peito na tarde desta terça-feira (26), foi socorrido por funcionários de um mercado. Ele foi baleado na Rua Cláudio Coutinho, caminhou por alguns metros e caiu em frente ao comércio.

“Ele estava a pé e caiu aqui na frente. Eu liguei para a polícia e na hora ficamos tentando reanimá-lo. O socorro demorou uns 40 minutos para chegar”, contou o caixa do mercado, Claiton Galdino.

Claiton e outros moradores do bairro Jardim Centro-Oeste reclamam da insegurança no local. Conforme relataram, os assaltos acontecem a todo momento. “Já é comum ver meninos andando de bicicleta ou de moto com uma arma na cintura”, comenta. Há 15 dias, disseram, aconteceu outro assalto no ponto de ônibus em frente ao mercado.

Jean Caio da Costa morreu no meio da tarde, na Santa Casa, depois de ser atingido com um tiro no peito em tentativa de assalto. O crime ocorreu em dos pontos de ônibus do Residencial Ramez Tebet, em Campo Grande. Jean era menor aprendiz do INSS.

As primeiras informações são de que assaltante, ainda não identificado, tentou roubar o celular do menino. Ao reagir, a vítima foi baleada no peito. Em seguida, o bandido fugiu.

Ele foi levado para o hospital. Lá, equipe médica tentou reanimá-lo, porém sem sucesso. A Polícia Militar foi chamada e encaminhou o caso para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions