A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/01/2011 10:22

Adolescente baleado pela PM diz que nunca tinha usado arma

Nadyenka Castro

Garoto confessa que atirou primeiro e que comparsa havia planejado crime

Adolescente baleado pela PM após tentativa de assalto.(Foto: Simão Nogueira)Adolescente baleado pela PM após tentativa de assalto.(Foto: Simão Nogueira)

O adolescente de 16 anos baleado pela PM (Polícia Militar) em uma tentativa de assalto, em Campo Grande, na noite de sexta-feira, disse que era a primeira vez que utilizava uma arma de fogo e confessou que foi ele quem atirou primeiro e que seu comparsa já tinha planejado o crime.

Em entrevista ao Campo Grande News o garoto contou que ontem havia trabalhado com o pai, como pintor, até às 11 horas, recebido R$ 30 e quando seguia para casa encontrou o comparsa em um bar e passaram a beber cerveja juntos.

Na versão do adolescente, o amigo então o chamou para praticar o roubo. “Aconteceu que ele me chamou para fazer o bagulho”, declarou. Segundo o garoto, seu comparsa já tinha planejado assaltar a revenda de materiais de construção usados. “Ele já estava cuidando lá faz tempo”.

Do bar eles foram para o local e então abordaram o proprietário. No entanto, logo depois de entrarem no local a PM chegou. “Acho que um funcionário que tinha lá viu e chamou a Polícia”.

Ambos autores tentaram fugir, mas o “mentor” do roubo, que também é menor de idade, foi apreendido imediatamente, e o adolescente resistiu à prisão.

“Eu vi o policial e a partir do momento que eu dei o tiro ele deu outro”, conta o menino confessando que foi ele quem iniciou a troca de tiros. “Eu mirei no muro e atirei e ele [o policial] abaixou. Aí ele deu três tiros e acho que o primeiro pegou meu boné”.

O garoto continuou tentando fugir, mas “deu de cara” com outros militares. “Fui pelo corredor e já tinha três policiais e atirei de novo”, afirmou. “Foi a primeira vez que peguei em uma arma”. Ele diz que não pode falar de quem era o revólver. “Se eu contar eu morro”.

O menino afirmou está arrependido e diz que se sente envergonhado. “É uma vergonha isso”. O adolescente declarou que não é usuário de drogas, que não tem pais nem irmãos envolvidos com a criminalidade e que estudou somente até a segunda série do ensino fundamental. “Tinha muita briga na escola e fui expulso por causa disso e aí não voltei mais”.

Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


Mais um caso de crime envolvendo esses adolescentes que sem nenhuma responsabilidade e em virtude das inumeras falhas do nosso código penal que os protegem, estão aterrorizando a nossa capital e o interior do estado. Infelizmente já virou rotina ocorrências envolvendo menores que são apreendidos uma, duas, três vezes e não tomam jeito, ou seja, o futuro dessa garotada será caixão ou cadeia. No entanto ficamos estarrecidos quando esses menores enfrentam policiais que ao exercerem a função de proteger a sociedade e que por mutias vezes são crussificados pela própria, arriscam suas vidas por conta desses menores.
 
Marcos M em 30/01/2011 09:23:16
Ainda bem que esse menor sobreviveu e confessou que atirou primeiro nos policiais, mas se por acaso tivesse morrido a imprensa tinha caido de pau em cima da policia e ninguem ia acreditar que um menor "coitadinho, trabalhador" teria atirado na PM primeiro.
 
Ivan Carlos em 30/01/2011 09:06:14
Coitado do menor com essa história, triste...! Usuario de droga, estudou pouco e tá "arrependido!" Devemos dar chance ao jovem facinora que atira nos policias, e ainda tem 16 anos.Coitadinho! É um menor. Bandido, ladrão, fora da lei ! E pensar que esse aí votou nas ultimas eleições.Qual foi seu escolhido,hein!
 
jorge neves em 29/01/2011 12:41:09
É a primeira vez que ele assalta, que usa arma, e papai noel existe, e o coelhinho da páscoa também. Bandido com arma na mão colocando a vida de pessoas em risco, esta sujeito a levar tiro da polícia, não precisa atirar primeiro não, ele tem sorte de estar vivo, pelo jeito está mergulhado até a cabeça com a bandidagem, jovem e já bandido.
 
jose antonio em 29/01/2011 12:16:36
gente boa esse menino, nunca tinha atirado ja começou dando tiros nos policiais, imagina agora que ele ja começou a pegar um pouco de experiencia, pode ter certesa que nos proximos policiais ele acerta pelo menos um ele mata,
 
luiz fernandes em 29/01/2011 10:18:08
Sementinha do Mal, daqui a pouco esse "di menor" já vai estar nas ruas trazendo desgraça e tristeza às nossas famílias.
 
george montania em 29/01/2011 08:19:12
Ainda bem que não acertou o policial, que estava lá trabalhando e deixou a sua família em casa, aguardando o seu retorno. Precisamos valorizar mais esses profissionais, que correm imensos riscos como este. Um "garoto" deste não pensa duas vezes em atirar pra matar, coisa que o policial não pode fazer, pois se o menor tivesse sido vitimado apareceriam vários "defensores" para dizer que foi o PM quem atirou primeiro...
 
Jorge Luiz de Souza Moraes em 29/01/2011 07:15:20
É o que ele fala agora... é a primeira vez.... mas se realmente estiver falando a verdade, que seja a ultima vez que pratique algum crime... que após o pagamento da pena, que se tire a lição. volte a estudar moleque.
 
jonas schunacker em 29/01/2011 03:12:16
Se não fosse a nossa Policia Militar, nós estariamos perdidos. Ainda bem que temos valorosos homens e mulheres na PM. Obrigado guerreiros.
 
jorge kajuru em 29/01/2011 03:05:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions