A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

29/08/2011 18:24

Adolescente confessa ter estuprado criança de 4 anos em Campo Grande

Ana Paula Carvalho

Garoto de 12 anos, que foi apreendido na noite do último sábado (27), por estuprar um menino de apenas quatro anos, durante churrasco, confessou aos policiais da Deaij (Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude) o crime.

O adolescente envolveu outro menino de nove anos. Segundo ele a criança de quatro anos fez sexo oral no de nove.

O caso - De acordo com a delegada Maria de Lourdes, que está cuidando do caso, o estupro aconteceu por volta das 18h de sábado, durante churrasco na casa dos pais da vítima na Vila Marly, em Campo Grande.

O pai saiu para comprar carvão e deixou a criança em casa com o adolescente e mais uma pessoa. Quando voltou, ele achou estranho o filho estar com cara de choro, mas o menino disse que não era nada.

Por volta das 22h30 a criança foi ao banheiro e chamou o pai. Ele contou que estava com dores e que o adolescente tinha abusado dele. A criança foi levada a um hospital onde foi constatado que ele estava com sangramento e fissuras na região anal.

O adolescente foi autuado em flagrante por estupro de vulnerável e encaminhado à Unei Novo Caminho no Jardim Los Angeles.



Isso não tem nada a ver com leis severas. Se esse menino tivesse educação em casa, isso não teria acontecido. Falta diálogo por parte dos pais em relação a sexualidade, a ensinar o que é certo e o que é errado. Duvido muito que eles fariam isso se soubesse que isso é crime.
 
Nildison Maroni em 30/08/2011 12:28:41
Nooossa que estória triste e nojenta! só 4 aninhos e passar por isso!
 
daniela rodrigues em 30/08/2011 12:18:50
Agora isso também é culpa dos políticos! Essa é boa! Os pais que são irresponsáveis e não sabem educar os próprios filhos! Esse povo só reclama!
 
Ineida Nunes em 30/08/2011 11:10:21
Será que os pais do menor tbem receberao alguma punição. Ora, achar que a culpa é de uma criança de 12 anos é nao querer enxergar o meio em que ele vive. A familia não educa, nao da exemplo e a culpa é só da criança. Ate quando nao iremos enxergar o verdadeiro problema. Familias que nao educam, conteudos pornográficos na tv em qualquer horario, músicas e danças eróticas a todo momento e a culpa é só da criança!!!!!
Quanto mais demorar para acabar com essa pouca vergonha institucionalizada, mais casos como estes continuaram a acontecer. De nada adianta punir o menor e ate mesmo a familia se a sociedade nao mudar o que esta ai, para todos verem.
Nao sejamos puritanos, mas tbem nao precisamos ser promiscuos... Principalmente, na frente de crianças, que crescerão adolescentes sem regras e adultos pervertidos.
Ou reagimos de uma vez, ou ficamos nos lamentando caso a caso.
 
joao pedro menezes em 30/08/2011 10:34:04
O Brasil está se tranformando em um país inutil perante justiça. Deveria se igual em outros paises, vai preso igual aos adultos para aprender. Se tem consciencia em fazer isso sabe muito bem as consequencias. O que podemos esperar do futuro de nossas crianças?
Uns corruptos? ladrões? assassinos? traficantes? estrupadores?
Isso infelizmente é que está acontecendo. Acorda Brasil! Acorda População!
Está na hora de nós agirmos. Lutarmos para que isso não aconteça com nossos filhos.
Acordaa Dilma! Cadê as leis mais duras nesse país?
 
Letícia Pinho em 30/08/2011 09:31:46
Concordo com a leitora Sandra Lima, gente continuem votando nesses incopetentes que estão no poder....sinceramente não sei onde vamos parar.
 
Rosangela Carvalho em 30/08/2011 09:26:04
Pois é Mauro,não só da vontade como chorei,tenho um filho de 9 anos e me coloco no lugar dessa familia,meu Deus,que estrutura as familias estão dando para seus filhos,pais conversem,sejam amigos de seus filhos,se os pais estiverem atentos perceberão qualquer coisa diferente no comportamento dos filhos.Ler uma noticia dessas é triste,é dificil palavras nessas horas.
 
alessandra andrade em 30/08/2011 08:04:14
O que fazer???Vivemos em uma sociedade que infelismente o medo está tomando conta da família.Quem deverá ser responsabilizado por isso?Se as escolas conversam sobre sexologia os adolescentes se sentem no direito de fazer,se os responsavéis se omitem foi a falta de diálogo que propiciou isso...Qual é a fórmula certa de proteger e orientar ao mesmo tempo?Hoje estou vendo apenas uma saída,criar nossos filhos com o mais puro amor,onde a confiança tem que ser a base de tudo.
 
Marcia Giovana em 30/08/2011 07:57:12
gente hoje em dia não podemos confiar em ninguem, imagina a barbaridade que é uma criança de 12 violentar outra de 4, onde esta a inocência desse menino, ja perdeu... que mundo é esse que estamos vivendo, cade os pais na vida dessas crianças, um dia é congresso do bulimento, no outro meninas de 13 anos em festas até as 5 da manhã vitima de estupro e hoje esse fato barbaro, socorro...
 
kelly cristina da silva ferreira em 29/08/2011 09:44:17
AIIIII SE É COM UM FILHO MEU ISSO....DEPOIS DE 4HS EU CHAMAVA A POLICIA. ANTES ELE IA TER UMA CONVERSINHA COMIGO. APOSTO QUE NUNCA MAIS ELE FARIA ISSO NA VIDA. NADA MAIS.
 
LUCIANO MARQUES em 29/08/2011 09:19:16
Meu Deus, não tenho nem o que dizer sobre isso, é tão triste ler isso que da vontade de chorar.
 
Mauro de Almeida Nunes Junior em 29/08/2011 08:50:03
Nossa que maravilha mais um tarado um doente vai ser solto, para crescer forte e estuprar roubar e matar quem sabe o pervetido , mas graças a um código penal prá lá de caduco que nos enfiam guela abaixo, e o melhor uma presidente hipócrita que nos enfia leis que são uma palhaçada, e nos envergonham mundialmente, libertando terroristas e apadrinhando ladrões com pena menor de quatro anos, e povo votem votem mesmo pensem nas suas familias enquanto a descraça não bate a suas portas!! é SEGURANÇA PÚBLICA uma VERGONHA.
 
sandra lima em 29/08/2011 08:37:11
Que pena não existir pena de morte!
 
Rodrigo Salles em 29/08/2011 07:15:58
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions