A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/07/2014 09:54

Adolescente é encontrada na casa de namorado dois dias após sumiço

Renan Nucci
Adolescente foi encontrada na casa de um namorado. (Foto: Divulgação)Adolescente foi encontrada na casa de um namorado. (Foto: Divulgação)

A adolescente Gabriella de Morais Valdes, 14 anos, que estava desaparecida desde a tarde do último sábado (12), foi encontrada na noite de ontem (14), em Campo Grande.

A menor estava na casa de um namorado que vive com a mãe no Village Parati. Ela foi reconhecida por um vizinho que viu a campanha na internet e acionou os familiares.

De acordo com a tia, Fabiani de Morais, de 24 anos, a garota estava fisicamente bem, porém, apresentava comportamento rebelde.

Ao ser flagrada, Gabriella tentou se esconder da família, entrando dentro da residência do namorado. A Polícia Militar foi acionada e levou todos para a delegacia.

A dona da casa onde a menor estava prestou esclarecimentos e foi liberada. “A polícia disse para nós procurarmos o Conselho Tutelar, ou algum outro órgão que possa ajudar a compreender essa rebeldia da menina”, esclareceu a tia.

Sumiço – Por volta das 14h de sábado, Gabriella saiu de casa, na Rua Aristidia Ennes Bucker, no Bairro Jardim Centro-oeste, para visitar uma amiga. Depois a adolescente não deu mais notícias. Um amigo afirmou tê-la vista em uma festa de rock na região, por volta das 22h. Preocupada com o paradeiro da filha, a mãe chegou a registrar o caso junto às autoridades na manhã de ontem (14).

Rebeldia – Em recente entrevista concedida ao Campo Grande News, Maria Campos, investigadora da Polícia Civil com 18 anos de experiência no trabalho de busca a desaparecidos, afirmou que 60% dos sumiços são propositalmente causados por adolescentes que querem chamar a atenção dos pais, e por isso ‘saem’ por alguns dias, mas acabam voltando.

Abstenção em concurso da Câmara Municipal da Capital passa dos 30%
O domingo (17) foi de provas para milhares de campo-grandenses, tanto na manhã como no período da tarde, no concurso da Câmara Municipal, que segundo...
Com forte dores, mulher reclama de falta de atendimento em UPA
Mesmo apresentando fortes dores e inchaço na região do estômago, sem conseguir comer a três dias, uma mulher que procurou atendimento na UPA (Unidade...


E querem aprovar a lei da palmada, isso aí é falta de apanhar em casa, os pais tem o direito de educar seus filhos corrigindo batendo sim, não falo de pais que espancam as crianças, mas eu e minhas irmãs sempre apanhamos quando faziamos coisa errada e hoje somos pessoas de bem, trabalhadores e temos uma relação familiar maravilhosa, acho que criança teimosa tem que levar uns tapas sim.
 
maximiliano rodrigo antonio nahas em 15/07/2014 12:53:20
Tem mais é que dar umas boas palmadas, pois não se preocupa com o desespero dos pais , alem de dar trabalho as autoridades.
 
juarez delmondes em 15/07/2014 12:08:14
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions