A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 22 de Agosto de 2019

09/07/2019 11:25

Adolescente foi morto em crime de intolerância na frente de três crianças

Venda de motocicleta roubada motivou o assassinato do adolescente

Kerolyn Araújo e Mirian Machado
Delegado Gustavo Bueno relatou que frieza dos assassinos chamou atenção. (Foto: Henrique Kawaminami)Delegado Gustavo Bueno relatou que frieza dos assassinos chamou atenção. (Foto: Henrique Kawaminami)

Gabriel Henrique da Silva dos Santos, 17 anos, morto a tiros na tarde de ontem (8) na casa onde morava, na área invadida da Homex, na região do Jardim Centro-Oeste, em Campo Grande, foi assassinado em um crime de intolerância, segundo o delegado Gustavo Bueno, da 5ª Delegacia de Polícia Civil. Três crianças estavam atrás da vítima e quase foram atingidas pelos disparos.

 

Conforme o delegado, o crime foi motivado devido a uma negociação de motocicleta roubada. Ela foi vendida para Edson de Souza Rocha e Aleff Rickellmy Pereira Fernandes da Silva. A dupla realizou uma parte do pagamento, mas ficou faltando a quantia de R$ 400.

O adolescente começou a cobrar os suspeitos, mas eles descobriram que a motocicleta era roubada e se negaram a realizar o restante do pagamento. Edson chegou a ser preso por receptação na semana passada ao ser flagrado com a moto e estava usando tornozeleira eletrônica.

Edson de Souza Rocha foi preso e passou por audiência de custódia nesta terça-feira. (Foto: Henrique Kawaminami)Edson de Souza Rocha foi preso e passou por audiência de custódia nesta terça-feira. (Foto: Henrique Kawaminami)

Na tarde de ontem, a dupla foi até a casa de Gabriel parar tirar satisfação. Durante a discussão, Aleff disparou três tiros contra a vítima, que morreu na hora. ''A frieza deles chamou atenção. Foi um crime de intolerância porque três crianças estavam brincando atrás da vítima. Por pouco elas não foram alvejadas", disse o delegado.

Edson foi preso em flagrante duas horas após o crime em uma casa abandonada no bairro Los Angeles. Ele teve a prisão preventiva decretada nesta manhã durante audiência de custódia. Aleff está foragido, mas também já teve a prisão preventiva solicitada à Justiça.

Segundo o delegado, Edson e Aleff são 'parceiros no crime' e já teriam sido presos juntos anteriormente.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions