A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/01/2011 08:45

Adolescente troca tiros com a PM e é baleado em tentativa de roubo

Aline dos Santos e Nadyenka Castro
Adolescente teve ferimentos no braço e na mão. (Foto: Simão Nogueira)Adolescente teve ferimentos no braço e na mão. (Foto: Simão Nogueira)

Com troca de tiros, uma tentativa de assalto acabou com um ladrão preso e outro baleado pela PM (Polícia Militar) no Jardim Leblon, em Campo Grande.

Por volta das 17h de ontem, na rua Manuel Joaquim Moraes, um homem de 31 anos foi rendido por um ladrão, que estava numa bicicleta.

A vítima é dona de uma loja de material de construção usado e estava sentado em frente ao comércio. O assaltante, já acompanhado por um comparsa, mandou que o comerciante ajoelhasse e exigiu dinheiro.

Eles roubaram R$ 12 da carteira da vítima. Ameaçado, o homem disse que tinha mais dinheiro dentro do imóvel e que as cédulas estavam no bolso da camisa de seu pai. Os três entraram na loja, mas o dinheiro não foi encontrado.

Em seguida, a vítima pediu que os ladrões fossem para frente da loja e pegassem o celular. A intenção era que o comerciante falasse com seu pai. Contudo, a dupla se deparou com a Polícia Militar. Um deles, um adolescente de 15 anos, tentou fugir pelos fundos do imóvel, mas foi preso. Ele não portava documentos. Com ele, a PM apreendeu um revólver calibre 32 sem munição.

O segundo assaltante, um adolescente de 16 anos, também tentou fugir. Na fuga, ele de deparou com um policial e atirou. Em seguida, correu em outra direção, mas novamente “deu de cara” com um policial. O adolescente atirou pela segunda vez.

De acordo com o boletim de ocorrência, os policiais também atiraram e o adolescente foi baleado no tornozelo direito, em um dedo da mão direita e no braço.

Um dos tiros chegou a tirar o boné da cabeça do adolescente. Ele foi levado para o HR (Hospital Regional) Rosa Pedrossian, mas já foi liberado. A polícia aprendeu um revólver calibre 38. A arma tinha cinco munições, sendo duas deflagradas.

O adolescente não tinha passagem policial. O caso foi registrado na Depac/Piratininga. (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário).

Concurso recebe inscrições para 83 vagas técnico-administrativas
Seguem abertas as inscrições para o concurso que oferece 83 vagas para técnico-administrativos em Educação na UFMS (Universidade Federal de Mato Gros...
Vice-governadora visita projeto em que detentos reformam escolas
O projeto "Pintando e Revitalizando a Educação com Liberdade", desenvolvido pelo Poder Judiciário estadual, foi conhecido e elogiado na sexta-feira (...
Crianças do Vespasiano Martins recebem Papai Noel e ganham presentes
As crianças do loteamento Vespasiano Martins, na periferia de Campo Grande, receberam a visita especial do Papai Noel neste sábado (16). Foram distri...


É menor, já era semana que vem já esta na rua de novo, agora o coitado do policial se tivesse acertado um tiro na cabeça do menor com certeza estaria preso e massacrado pelos DIREITOS HUMANOS e o ECA- Estatuto da Criança e do Adolescente e se fosse ao contrário aqueles dois tiros que o menor tivesse acertado o policial estaria de boa pois eles estão na profissão deles que é ROUBAR, ESTUPRAR e até MATAR se estiverem a oportunidade para isso. Fazer o que né estamos no Brasil.
 
Douglas Ruiz em 29/01/2011 09:57:42
Parabéns aos Policiais Militares que atuaram nesta ocorrência. Mostraram que estão preparados para defender a sociedade e provaram que não saem de casa com intenção de matar alguém e sim apenas repeliram proporcionalmente uma injusta agressão imposta pelo adolescente.
 
André Luiz em 29/01/2011 01:26:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions