A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/11/2014 07:21

Adolescentes roubaram veículos e balearam dois em assaltos na Capital

Renan Nucci e Francisco Júnior
Veículo era utilizado por Cleiton para dar suporte aos crimes do grupo. (Foto: Alcides Neto)Veículo era utilizado por Cleiton para dar suporte aos crimes do grupo. (Foto: Alcides Neto)
Ocorrência foi feita pela equipe da Rocam, da Tropa de Choque da PM. (Foto: Alcides Neto)Ocorrência foi feita pela equipe da Rocam, da Tropa de Choque da PM. (Foto: Alcides Neto)

A equipe da Rocam (Rondas Ostensivas com Apoio de Moto) do Batalhão de Choque da Polícia Militar deteve, na madrugada desta terça-feira (04), um trio acusado de cometer vários roubos e furtos em Campo Grande. Dois adolescentes de 17 anos e Cleiton Cristiano Fernandes, 25 anos, confessaram autoria do assalto ocorrido na última sexta-feira (31), na Avenida Júlio de Castilho, no qual o comerciante Manoel Alves da Silva, 48 anos, proprietário de uma conveniência, acabou baleado. Eles também balearam um homem para roubar um veículo no Parque dos Poderes.

Segundo a polícia, a ocorrência teve início por volta das 20h30 de ontem (03), quando os dois adolescentes roubaram um veículo Ford Fiesta preto no Bairro Universitário. A vítima acionou as autoridades e o Choque passou a fazer rondas pela região. A dupla foi localizada com o carro por volta das 2h30 desta madrugada, na Avenida Raquel de Queiroz, no Aero Rancho. Um Fiat Tipo conduzido por Cleiton dava apoio a eles.

O trio alegou que levaria o Fiesta para o Paraguai, onde trocaria por aproximadamente 70 quilos de maconha que, por sua vez, seria levada para Três Lagoas. De acordo com a polícia, eles são responsáveis por roubarem recentemente um GM Astra no qual a vítima foi baleada, um GM Corsa e um Celta, além de uma camionete S-10 que acabou sendo abandonada após acidente. Os três confessaram também que invadiram a conveniência de Manoel no último 31, para roubar R$ 5 mil. O trio foi conduzido para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) da Vila Piratininga.

Assalto à conveniência - Na manhã do assalto, o filho de Manoel, Robert Júnior da Silva, 23 anos, abriu o estabelecimento por volta das 11h, quando foi surpreendido por dois bandidos armados que invadiram o local. A dupla anunciou o assalto, rendeu Robert e vasculhou toda a conveniência. Como não encontraram nada, obrigaram o rapaz a ir, por uma pequena porta, a uma garagem de veículos que fica ao lado. Neste momento, eles passaram a pedir a quantia de R$ 5 mil.

Enquanto caminhavam pelo pátio da garagem, Manoel, que estava na casa da família que fica aos fundos, percebeu a movimentação estranha e se aproximou da porta, quando houve um disparo. O projétil atravessou o vidro e atingiu o braço esquerdo dele.

Em seguida a dupla fugiu levando o celular de Robert e R$ 300. Eles correram até uma pizzaria que fica na esquina, onde haviam estacionado a moto. A polícia foi acionada e chegou a deter dois suspeitos, no entanto não houve reconhecimento. Manoel foi socorrido pelo Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e levado até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da Vila Almeida.

Astra - O roubo do Astra aconteceu no dia 23 de outubro, no Parque dos Poderes. A vítima de 19 anos  e uma mulher estavam veículo e foram abordados quando seguiam pela Rua Desembargador José Nunes da Cunha. Dois homens em uma moto ordenaram que o rapaz saísse do carro.

O motorista e a passageira desceram do veículo e antes que os assaltantes fugissem o jovem pediu para que os homens não levassem o carro. Foi quando um dos assaltantes atirou contra o peito do rapaz. O projétil transfixou o corpo da vítima e saiu na região do ombro.

Os homens fugiram no carro e apesar das buscas ninguém foi preso. Uma equipe do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) socorreu o rapaz até a Santa Casa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions