A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

20/08/2015 10:09

Agentes de saúde fazem protesto e concluem ato ovacionando prefeito

Antonio Marques
O presidente do Sisem, Marcos Tabosa, pede apoio ao prefeito Gilmar Olarte durante protesto dos agentes comunitários de saúde na Prefeitura (Foto: Fernando Antunes)O presidente do Sisem, Marcos Tabosa, pede apoio ao prefeito Gilmar Olarte durante protesto dos agentes comunitários de saúde na Prefeitura (Foto: Fernando Antunes)

Cerca de 400 agentes comunitários de saúde e de endemias fizeram manifestação na frente do Paço Municipal para cobrar da prefeitura a plataforma de cursos on line para capacitação profissional. Há sete meses eles aguardam o compromisso feito pelo prefeito Gilmar Olarte (PP). O atraso provocou o pedido de afastamento do secretário municipal de Saúde, Jamal Salem, e o presidente do Sisem (Sindicato dos Funcionários e Servidores Municipais de Campo Grande), Marcos Cesar Tabosa pelo MPE (Ministério Público Estadual). No meio do protesto, Olarte foi ovacionado pelos agentes.

O grupo se concentrou na esquina da Rua Bahia com a Avenida Afonso Pena, próximo à Secretaria de Saúde, e saíram em caminhada por cerca de 200 metros até a prefeitura. Basicamente, a reivindicação é o espaço para que os cerca de 2 mil agentes de saúde e de endemias possam realizar os cursos de capacitação exigidos pelo Ministério da Saúde. “Temos direito a duas horas por dia de cursos e estudos on line e isso não está acontecendo”, declarou a agente de saúde Lídia, que há 17 anos trabalha em um bairro da região norte, na saída para Cuiabá.

Os agentes de saúde e de endemias são contratados para trabalharem 8 horas diários, seis horas nas ruas, “no sol”, como eles dizem, e duas horas em sala, realizando os cursos on line definidos pelo Ministério da Saúde. Marcos Tabosa diz que os agentes são responsáveis pela saúde preventiva da população e ainda conseguem repasse do ministério da ordem de R$ 40 milhões por ano. “Não oneramos a folha da prefeitura, pelo contrário conseguimos recursos para a cidade”, afirmou.

O presidente do Sisem, usando o microfone de um carro de som, cobrou na frente da prefeitura, que o prefeito Gilmar Olarte cumprisse o acordo firmado há sete meses. Marcos Tabosa acusou os gerentes de postos de saúde de perseguir os agentes. “Estamos aqui prefeito para cobrar nosso direito. O senhor ordenou a realização da plataforma on line. O problema é que as pessoas não obedecem suas ordens. Não acatam e nã respeitam suas decisões”, gritava ele.

Por conta disso, segundo Marcos Tabosa, 10 gerentes de postos de saúde foram ao MPE denunciar que os agentes não cumpriam horário de trabalho de oito horas diárias e que eram acobertados por ele e o secretário de Saúde. “Isso não é verdade. Estamos trabalhando conforme nossa contratação, porém o Executivo não cumpriu com a realização do espaço para os cursos on line”, explicou.

Prefeito – Enquanto Marcos Tabosa fazia seu discurso, dizendo que era amigo do prefeito há mais de 20 anos, mas que ali estava defendendo sua categoria como sindicalista que é, o chefe do Executivo desceu do gabinete e se encaminhou até os manifestantes. Gilmar Olarte foi recebido com aplausos.

Ao microfone, o prefeito disse que toda manifestação é legítima e deve ser respeitada e estava ali em consideração aos agentes, que em um ano e meio da gestão sempre teve olhar diferenciado à categoria. “Hoje às 14 horas teremos reunião com o secretário de Administração e de Saúde para agilizar o local em que será montada a plataforma para os cursos”, garantiu Gilmar Olarte, que foi aplaudido pelos manifestantes.

Gilmar Olarte disse também que vai pedir para apurar as denúncias de perseguição dos gerentes dos postos de saúde aos agentes comunitários. “Seus gerentes são maus”, interrompeu Marcos Tabosa, ao que respondeu o prefeito que ninguém que trabalha deve ser perseguido. “Vocês são a menina dos olhos do prefeito”, declarou.

Ao final do manifesto, Tabosa reiterou o apoio ao prefeito. “A categoria vai defender o senhor e sempre vamos apoiá-lo”, garantiu ele, enquanto os manifestantes gritavam o nome de Olarte, em apoio ao prefeito.

Centenas de agentes fizeram manifestação pacífica nesta quinta-feira (Foto: Fernando Antunes)Centenas de agentes fizeram manifestação pacífica nesta quinta-feira (Foto: Fernando Antunes)


Quando será o último ato dessa peça teatral chamada "O protótipo de prefeito"?
 
Ganso em 20/08/2015 15:11:32
Esse Tabosa e a atual gestão estão de brincadeira. Essa demonstração de apoio ao atual prefeito só serve para mostrar que o Sisem é comprado pela gestão e há sim um acordo para beneficiar os ACS, benefício esse conseguido de forma fraudulenta, burlando a Lei. Ao invés do prefeito perder tempo de apurar denuncia contra os Gerentes, pois todos sabem que foram realmente coagidos a assinar as folhas dos ACS. Deveria fazer cumprir a Lei. Se querem trabalha 6 horas, mudem a lei e deixem de dar "jeitinho" para beneficiar cabo eleitoral (massa de manobra).
 
Mangueboy em 20/08/2015 14:46:59
Coisas estranhas andam acontecendo, quem será que está por de traz de tudo isso??? Um doce para quem adivinhar, não vale o AP ele jura de pé junto que é cristão!
 
TIJUANO em 20/08/2015 13:41:58
Minha vontade é vomitar de nojo de tanta hipocrisia. Mais ainda é de ver esse bando de "puxa sacos", fazendo esse papel RIDÍCULO, jogando confetes num ser, ao meu ver,abominável...Os agentes por sua vez sendo enganados como criança que ganha pirulito!
No meu portão não entram mais. Sei que nem todos ali estavam, mas não tenho como saber se o que visitará minha casa é um desses infelizes, para não usar outro adjetivo!
"A menina dos olhos do prefeito"! eca.....
 
Sentinela em 20/08/2015 12:55:40
Meu Deus! O que fizeram com a nossa querida cidade? A que ponto chega a subserviência do ser humano.
 
Barbarossa em 20/08/2015 12:25:40
Todos felizes e por Livre e espontânea !!! E só olhar na cara dos servidores
 
Clebe PL em 20/08/2015 10:58:47
A tá. Depois de sete meses de folha de ponto falsificada e com uma denúncia do MP, aí resolvem cobrar curso. Isto soa esquema do presidente do sindicato, cujo afastamento está solicitado pelos Promotores de Justiça.
 
jmarch em 20/08/2015 10:44:03
Esse Marcos Tabosa é um comediante...
 
Guaraci Mendes em 20/08/2015 10:36:42
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions