A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

30/01/2013 08:49

Agentes penitenciários fazem paralisação por uso de armas

Paula Vitorino e Mariana Lopes
Presidente do Sindicato, Francisco diz que agentes vivem sob ameaça. (Foto: Rodrigo Pazinato)Presidente do Sindicato, Francisco diz que agentes vivem sob ameaça. (Foto: Rodrigo Pazinato)

Cerca de 1.800 mil agentes penitenciários de Mato Grosso do Sul cruzaram os braços na manhã desta quarta-feira (30) em adesão à paralisação nacional da categoria. O movimento terá duração de 24h e conta com a participação de 16 estados e o Distrito Federal.

O protesto é uma resposta ao veto da presidente Dilma Rousseff (PT) para o projeto que autoriza agentes penitenciários a ter porte de armas.

“Queremos reconhecimento e mais segurança. Até bombeiro que não mexe diretamente com bandido pode ter porte de arma e a gente que lida com bandido todo dia tem que ir para casa desarmado”, reclama o presidente do Sinsap/MS (Sindicato dos Agentes Penitenciários Estaduais de Mato Grosso do Sul), Francisco Sanábria.

O presidente afirma que os agentes lidam diariamente com constantes ameaças no trabalho e temem por suas famílias. “A gente na rua sem proteção e aí encontra um preso. Campo Grande é uma cidade pequena e isso vive acontecendo. Tem agente que nem sai mais de casa”, diz.

Segundo os sindicatos dos servidores, a paralisação no Estado conta com servidores de todas as penitenciárias estaduais e do presídio federal. São 1.300 agentes estaduais e 180 federais.

Sem o serviço dos agentes, os presos não terão diversos serviços nas próximas 24h, como atendimento psicológico e visita de advogado. O banho de sol será a única atividade mantida.

Uma manifestação está marcada para o dia 4 de fevereiro, na abertura do Congresso Nacional, em Brasília.

De família de escritores, médico lança amanhã livro com poemas
O renomado psiquiatra Marcos Estevão lança nesta quinta-feira (14) em Campo Grande o livro de poesias "Pedaços de Mim", que é um compilado de poemas....
Renegociação de dívidas com a Águas Guariroba pode ser feita até o dia 29
Vai até o dia 29 deste mês a campanha "Fique em Dia", realizada pela Águas Guariroba para renegociar as dívidas que os consumidores têm com a empresa...


Primeiramete quero lembrar que somente a força policiais de segurança publica descritas na constituição pelo art.144 que são PF, PRF , PC ,PM E BM. possuem porte de arma fora do serviço ....todas estas forças recebem treinmento e capacitação. Só lembrando ao srº a tropa de elite nacional (força nacional) o grupamento de patrulhamento aére CGPA e o DOF é formada por policias militares e bombeiros militares, quem são vcs pra falar dos Policiais Bombeiros militares. Creio que prmeiro o srº deveria buscar ser incluido como um policial agente de seurança publica na constituição e na SEJUSP-MS, depois devria buscar capacitação para tal soliitação ..Vcs estão que nem Guarda municipal quere ser policia a todo custo.
 
Junior Santos em 31/01/2013 14:55:28
André Salomão, venho engrandecer suas palavras e agradecer o esclarecimento que prestas aos que não refletiram sobre o importante papel dos militares neste país, pois o período em que fui R2, as forças armadas me engrandeceram muito quanto à questão; e mesmo tendo posicionamento crítico voçe manteve-se sensato em defender o nosso direito de classe ao nos enxergar, aflitos e esquecidos pelo poder público (laico), e gostaria de complementar as belíssimas palavras de minha amiga Daniela Soares, somos tratados como Marginais uma classe Excluída das Excluídas. "Era dos Extremos"e "Planetas Sem Bocas"
 
André Santiago em 31/01/2013 08:47:04
Sou bombeiro e acho q agentes penitenciários devem SIM andar armados...agora nós bombeiros andamos armados pois somos MILITARES...e se engana quem acha que nós não lidamos diretamente com bandidos...vamos em locais de homicídios e as vezes somos os primeiros a chegar, trabalhamos com dependente químicos nas ruas, espancamentos, ladroes...entramos em vários lugares de alta periculosidade que necessita muita vezes o emprego do armamento, enfim trabalhamos nas ruas, atuamos em gerenciamentos de crises, atuamos na FORÇA NACIONAL DE SEGURANÇA, acho que agentes penitenciários necessita SIMMM do armamento, mas a comparação não cabe, pois somos militares ART. 144 CF.
 
andre salomao em 30/01/2013 23:23:38
Em um país no qual o Estado desarma seus cidadãos de bem e permite que marginais transitem com armas de grosso calibre(quando não fiscaliza suas fronteiras), não pode ser considerado uma nação desenvolvida.
O porte de arma para o agente penitenciário é necessário. é justo e sobretudo legal. o mínimo que se pode esperar neste verdadeiro estado de guerra em que vivemos é paridade de condições de lutas, em todo país os agentes são covardemente caçados e abatidos como mosca, sem ao menos terem a chance de se defenderem. o governo se dobrando a influência de entidade ditas religiosas cerceia direitos de muitos em benefício de benefício de poucos.
 
nikson castro em 30/01/2013 21:26:57
Era uma vez... a gota d' `agua!

O porte de arma foi a gota d' àgua que faltava para tamanha indignação dos servidores penitenciários, no sentido do descaso que passamos, por parte de nossos governantes. A Constituição Federal não prevê os servidores penitenciários! Um país como o nosso, democrático como se diz, não atender a voz que clama por reconhecimento e dignidade. Existimos sim, presidenta Dilma! Somos filhos e filhas deste país, que custodia e faz a segurança daquelas pessoas, onde as políticas públicas falharam, desembocam no SISTEMA PENITENCIÁRIO e ainda assim, esses filhos são negligenciados por seus pais: a CF! Ainda, com precárias condições de trabalho precisam enfrentar o crime organizado, na luta do dia a dia, e ao ir para seus lares: sairem de mãos abanando! Na luta!!
 
Daniella Soares em 30/01/2013 14:32:36
Desarma todo mundo das forças de segurança então. Aqui é a Suiça mesmo. As leis já são.
 
Adriano Magalhães em 30/01/2013 12:23:36
O porte de arma para o agentes penitenciários é uma necessidade sim, haja visto que só trabalham com bandidos, o preparo para este serviço já está adquirido no curso de formação. Desejo de fato que o cidadão de um modo geral também use arma, desde quq bem qualificado. o bandido não pode assaltar ninguém tendo a certeza de que nada vai acontecer com ele.Precisa sim raciocinar com as consequências de seu ato, verão que vai cair o número brutal de assalto na certeza que tudo pode. Abraços Milani
 
Romaldo Milani em 30/01/2013 11:31:20
Só quem vive é quem sabe, o nosso dia a dia dentro do Presídio, ali todos os dias é diferente, onde os Agentes de Segurança tem que manter a ordem e a disciplina e manter a vigilância (disciplinar bandidos criminosos que não respeitam nem a mãe, ali eles querem beber, fazer uso de drogas, fazer uso de celular para arquitetar os assaltos e sequestros. ali existe facções criminosas diferentes, ali existem traficantes que para mandar matar não te custa nada, ali tem bandido que vive do crime (matar, roubar etc..)
Agora nós Agentes Penitenciários é quem estamos na linha de frente, é quem sofremos as ameaças, é nós quem acabamos virando refém, é nós quem fazemos as apreensões de drogas e armas dentro dos presídios, nós Agentes temos as nossas famílias, na rua nós somos pessoas comum.(desabafo).
 
Antonio José em 30/01/2013 11:06:58
Nossa reinvidicação não é apenas pelo porte de arma mas também por melhores condições de serviço, estamos com defasagem de funcionários e há muito tempo não recebemos nem uniforme i a cada governo que entra muita promessa é feita no sentido de melhorar mas nada se faz , apenas bla bla bla, vamos lá moçada tirar fotos com os governantes e postar no face ..................
 
ROBERTO PEREIRA em 30/01/2013 10:59:25
Os presos estão bem organizados e aarmados. Sabendo que os agentes estão desarmados, estes vão virar meninos de recados dos presos.
Porque os presos podem andar armados e não tem mais nada a perder.
Que garantia tem um trabalhador andando desarmado?
Os delinquentes tem que saber que correm risco de receber oferta de cambate e defesa em caso de abordarem um trabalhador.
Como os agentes não poderaõ andar armados, sereão punidos caso sejam encontrados com armas de defesa; quem vai ficar mais feliz é o delinguente, que poderá denucniar o profissional que venha a ter alguma arma.
Preso vota? tai o interresse dos politico em aprovar uma lei que venha beneificiar os seu eleitores; vai ser marginal votando em marginal.
 
Jose Oliveira em 30/01/2013 10:33:53
Não sou agente penitenciário e também temo por minha vida e da minha familia, sou favoravel à posse de arma devidamente registrada e a concessão de porte (desde que com a devida capacitação) não só a agentes da lei como a qualquer outro cidadão e mais, no plebiscito de 2005, 64% ( mais do que os votos que a presidente Dilma teve) votou CONTRA O DESARMAMENTO, o que demonstra claramente a vontade da sociedade e que não esta sendo acatada num grande afrontamento à Democracia.
 
Valdez Steinle de Carvalho em 30/01/2013 09:31:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions