A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

15/08/2011 10:33

Agetran abre licitação para sistema de painéis com horários dos ônibus

Marta Ferreira
Intenção é que usuário saiba quanto tempo ônibus vai demorar para passar. (João Garrigó)Intenção é que usuário saiba quanto tempo ônibus vai demorar para passar. (João Garrigó)

Os terminais do transporte coletivo em Campo Grande vão receber painéis para informar aos passageiros os horários dos ônibus. O serviço vai começar com as informações das linhas mais movimentadas e a intenção, conforme o diretor-presidente da Agetran (Rudel Trindade Junior), é expandir para todos os terminais e até para centros comerciais de grande concentração, como os shopping centers.

A licitação para a implantação do sistema foi aberta hoje pela Cecom (Central de Compras). O edital prevê a contratação de uma empresa para operar o serviço, incluindo a utilização de programa de computador específico para acompanhar os horários dos ônibus e a instalação de telas de LCD nos terminais.

Rastreamento-Além de informar aos usuários do transporte coletivo em local mais visível o horário dos ônibus, o sistema, conforme Rudel, também vai automatizar a fiscalização do cumprimento dos horários pelas empresas.

Hoje, isso é feito pelos fiscais, de forma manual. Rudel disse que o sistema vai alimentar os painéis de LCD a partir do rastreamento dos veículos e, com isso, a fiscalização será automatizada. A empresa que descumpre os horários estabelecidos é multada, conforme as regras do contrato de concessão dos serviços.

A intenção da Agetran, segundo Rudel Trindade, é que o sistema seja implantado aos poucos. Para começar, segundo ele, a ideia é disponibilizar informações de 20% a 25% das linhas. As primeiras devem ser as mais movimentadas, como a 080 e a 070, que interligam terminais, e, conforme a Agetran, concentram grande contingente de usuários.

É um sistema análogo ao dos aeroportos, mas adaptado ao transporte coletivo urbano, segundo Rudel. “O passageiro vai poder saber daqui quanto tempo a linha que ele quer pegar vai ter carros saindo do terminal”, explicou.

Rudel afirmou que a implantação do sistema é uma continuidade do projeto de melhoria dos terminais, que se segue a reformas e a implantação de serviços como os totens onde são fornecidas informações à população e também caixas eletrônicos.

Um levantamento citado por Rudel informa que a necessidade de mais informações é uma das reivindicações dos usuários, lado a lado com a reclamação da lotação nos veículos. De acordo com ele, desde que os totens foram instalados, há 4 meses, já foram mais de 1,5 milhão de consultas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions