A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

02/07/2014 10:54

Águas apela ao trabalho de porta em porta para garantir ligação de esgoto

Aliny Mary Dias
Lançamento da 3ª etapa do programa ocorreu nesta quarta-feira (Foto: Pedro Peralta)Lançamento da 3ª etapa do programa ocorreu nesta quarta-feira (Foto: Pedro Peralta)

A concessionária de água e esgoto da Capital lançou nesta quarta-feira (2) a terceira etapa do programa Sanear Morena, que terá investimentos de R$ 636 milhões para instalação de rede de esgoto que beneficiará 8.463 casas. Para garantir que a Capital tenha 100% do esgoto coletado e tratado até 2025, a Águas Guariroba e os líderes comunitários darão início a um trabalho de porta em porta para mobilizar os moradores.

Durante o lançamento do programa, no bairro Parque dos Girassóis, o diretor-presidente da empresa, José João Fonseca, afirmou que funcionários da concessionária irão repassar os detalhes e os benefícios do tratamento do esgoto aos moradores.

“As equipes passarão de casa em casa para explicar os benefícios do tratamento da água e do esgoto porque quanto mais informação melhor para que toda a cidade tenha a cobertura”, disse.

Ainda conforme Fonseca, apesar de o prazo final para concluir toda a implementação da rede de esgoto se encerre em 2025, como prevê a concessão da Prefeitura, a Águas pretende terminar o trabalho antes do prazo. “Nenhuma Capital tem tanto investimento em saneamento quanto Campo Grande”, afirma.

Presidente da concessionária afirma que equipes irão de porta em porta explicar benefícios de ligação (Foto: Pedro Peralta)Presidente da concessionária afirma que equipes irão de porta em porta explicar benefícios de ligação (Foto: Pedro Peralta)

Atualmente, depois das duas primeiras etapas do programa, a Capital possui 73% de cobertura de rede de esgoto, segundo levantamento da Águas.

Leda Coelho Ramos, 59 anos, é moradora e presidente do bairro Parque dos Girassóis, situado na região do União, desde que o residencial se tornou bairro, há 4 anos. Ela conta que a instalação da rede de esgoto vinha sendo um pedido de moradores há anos.

“Estamos muito felizes porque agora teremos acesso. Vamos começar o trabalho de incentivar os moradores durante as reuniões e em visitas nas casas para que todas façam a ligação”, conta.

Eder Carlos, 45 anos, mora no bairro Oliveira I e explica que com o acesso ao saneamento, os moradores ficaram empolgados, tudo porque o asfalto é a próxima promessa da Prefeitura. “Acreditamos que depois do esgoto teremos asfalto no nosso bairro”, diz.

O prefeito Gilmar Olarte (PP) participou do lançamento da terceira etapa do programa e foi enfático ao ressaltar a importância da adesão dos moradores ao programa. “Esse valor cobrado entre R$ 50 a R$ 100 para a água e o esgoto não é uma despesa, é um investimento. É melhor investir do que ficar doente e ter que gastar com remédios”, disse Olarte ressaltando a importância do saneamento para a saúde da população.

Prefeito afirma que gastos com esgoto são investimentos e não despesa (Foto: Pedro Peralta)Prefeito afirma que gastos com esgoto são investimentos e não despesa (Foto: Pedro Peralta)

Programa - O programa de saneamento básico vai implantar, até o fim do ano, novos 89 quilômetros de rede de esgoto que beneficiarão 8.463 mil casas de Campo Grande.

Até o fim do prazo, em 2025, a concessionária vai implantar 2 mil quilômetros de rede coletora, 45 quilômetros de interceptores e 126 mil novas ligações em residências. Também está prevista a construção de uma nova estação de tratamento de esgoto e ampliação das duas localizadas nos bairros Los Angeles e Imbirussu.

Os bairros atendidos no segundo semestre desse ano serão as regiões do União, Amambai, São Lourenço, Vila Planalto, Cruzeiro, Cabreúva, Jardim América, Taquarussu, São Francisco, Bandeirantes, Carlota, Piratininga, Paulista, Pioneiros, Leblon, Jardim dos Estados, TV Morena, Carandá Bosque e Chácara Cachoeira.

Desde de outubro de 2000, quando a Águas assumiu o serviço, já foram investidos R$ 800 milhões no saneamento básico. Os valores foram investidos nas duas primeiras etapas do programa e na construção das unidades de tratamento de esgoto.



e o bairro Nova Lima qual a previsão ?
 
Jose Aparecido de Almeida Araujo em 02/07/2014 12:50:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions