ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  06    CAMPO GRANDE 20º

Capital

Além de morte por covid, 12 pessoas apresentaram sintomas no São João Bosco

Idoso morreu ontem por covid-19; SES fez coleta em 12 internos que apresentaram sintomas e, amanhã, fará testagem em massa

Por Silvia Frias | 14/07/2020 08:44
Por causa da pandemia, visitas no asilo foram suspensas desde março (Foto/Arquivo)
Por causa da pandemia, visitas no asilo foram suspensas desde março (Foto/Arquivo)

Funcionários e internos do Asilo São João Bosco vão passar por testagem em massa para detecção do novo coronavírus (covid-19) amanhã. A medida foi tomada após a morte do aposentado Lídio Chamorro, 67 anos, a primeira vítima confirmada da instituição. Ontem, 12 moradores da instituição já passaram por exames, depois que relataram sintomas compatíveis com a doença.

Chamorro foi sepultado ontem à noite (13). Ele foi internado com falta de ar e debilitado no domingo (12), no CRS (Centro Regional de Saúde) do Tiradentes. O aposentado era diabético e tinha cirrose. Segundo informações da família, a causa da morte foi atestada como insuficiência respiratória aguda e pneumonia, decorrente da covid-19. Ele foi sepultado no Cemitério Parque de Campo Grande, na presença da enteada e, hoje, a família pretende prestar homenagem, em horário não divulgado.

A Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) informou que a equipe de Vigilância Epidemiológica esteve no Asilo São João Bosco e fez a coleta de swabt RT-PCR (cotonete) de amostras de 12 internos que relataram algum sintoma compatível com covid-19. A orientação foi que esses moradores fossem isolados e os funcionários receberam informações para monitoramento dessas pessoas.

A Vigilância Epidemiológica também pediu que o asilo providenciasse a desinfecção de áreas de uso comum com produtos específicos. Amanhã, a equipe da Sesau fará testagem em massa, de internos e funcionários em trabalho conjunto com a SES (Secretaria Estadual de Saúde) e a Uems (Universidade Estadual de MS).

Corpo de Lídio Chamorro foi sepultado ontem à noite, em Campo Grande (Foto: Direto das Ruas)
Corpo de Lídio Chamorro foi sepultado ontem à noite, em Campo Grande (Foto: Direto das Ruas)

A direção do asilo confirmou a testagem em massa e diz que alguns funcionários já haviam sido afastados preventivamente, por terem relatados sintomas, fizeram exames, mas ainda aguardam resultado. A instituição negou que haja qualquer outro caso confirmado de covid-19.

Com cerca de 70 idosos o Asilo São João Bosco está com as visitações suspensas desde março.